Polícia tenta desvendar desaparecimento de evangélico em Delmiro Gouveia

Polícia tenta desvendar desaparecimento de evangélico em Delmiro Gouveia

Atualizado: Terça-feira, 10 Agosto de 2010 as 4:36

A equipe da Delegacia Regional de Delmiro Gouveia tem nesta terça-feira (10) uma missão no mínimo diferente: quebrar uma calçada feita recentemente na casa do aposentado Paulo Gilberto Feitosa, de 51 anos, na rua Ulisses Luna. É que o proprietário da casa está desaparecido desde o final de junho.

Feitosa foi visto pela última vez durante um culto na Igreja Deus é Amor  e não teria dito a nenhum dos irmãos (da igreja nem os biológicos) que faria alguma viagem ou mudaria para outra cidade.

Desconfiados do sumiço de Feitosa, que era assíduo nos cultos da igreja, os amigos foram até a casa dele e não somente não o encontraram, mas também viram mudanças na parte externa do imóvel, como a construção de uma calçada nos fundos da casa.

Eles comunicaram o fato ao irmão de Feitosa, José Abreu Feitosa e este foi à Delegacia local denunciar o desaparecimento. De acordo com a polícia, José Abreu desconfia que o irmão possa estar enterrado nos fundos de sua casa, sob a calçada construída recentemente.

O que reforçou a desconfiança dos amigos e da família da vítima, além de ela não ter comunicado que sairia de Delmiro Gouveia, foi o fato de que a casa estaria sem os móveis, as roupas e demais objetos pessoais de Feitosa, que é divorciado há vários anos e morava sozinho.

Embora o evangélico possa ter ido embora sem comunicar ninguém, a polícia vai fazer a busca na casa hoje, a fim de verificar a possibilidade de Feitosa ter sido morto e enterrado em seu próprio quintal.

*com informações do maisnoticias.net

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também