Por que as crianças?

Por que as crianças?

Atualizado: Segunda-feira, 14 Outubro de 2013 as 2:57

criançaDeixem vir a mim as crianças. Quem não se fizer como uma criança, não entrará no Reino de Deus. Jesus Cristo
 
As crianças geralmente são desprestigiadas justamente pelos motivos que Jesus deve ter levado em consideração ao dar-lhes prioridade na relação com o Reino de Deus.
 
Elas são espontâneas, naturais, sem formalismos. O Evangelho de Jesus trata do fim da religião como estrutura organizada em forma de rituais, sacramentos e liturgia. Os adultos geralmente precisam de tais estruturas como parâmetro de suas atividades, mas é necessário que se façam como as crianças a fim de discernir que a espiritualidade dispensa a religião.
 
As crianças são sinceras em suas emoções, não disfarçam, parecem não ver a necessidade de se respeitar situações sociais. Quanto mais dos esforçamos por desempenhar funções pré-definidas, protocolos de convivência e por disfarçar nossas emoções a fim de manter as aparências, menos temos contato com as propriedades curativas da Graça de Deus, que opera sempre a partir da Verdade.
 
Dentre outras razões possíveis para Jesus as ter considerado modelo, estas são as que hoje me inspiram a tornar-me criança, a fim de discernir e assimilar o Reino de Deus que está entre nós, mas que somente pode ser visto por elas.
 
 
- Alexandre Robles
 

veja também