É possível ter o caráter semelhante ao de Jesus

É possível ter o caráter semelhante ao de Jesus

Atualizado: Sexta-feira, 11 Março de 2011 as 11:33

 O caráter pode ser definido como os traços morais e éticos do indivíduo que revelam como ele vive, pensa e age ao longo da vida e, principalmente, em suas relações humanas. Em alguns textos bíblicos, encontram-se citações acerca da preocupação de Deus com o caráter das pessoas e com as consequências de seus atos, sejam elas boas ou não. "Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus" (Mt 7:16).

Produzir bons frutos, às vezes, pode não parecer tarefa fácil. Com a correria do dia a dia, as pressões parecem insuportáveis.

Você deve procurar ser o melhor nos estudos, no trabalho, deve se dedicar à família, cuidar de seu ministério na igreja e ainda dedicar um tempo para si mesmo. Em meio a tanta correria, como prestar atenção em alguém ao seu lado? Onde se pode arranjar tempo para amar ao próximo se, muitas vezes, nos falta tempo para amar nossos próprios filhos? Como não responder mal a sua esposa após um dia atribulado no trabalho? Como não comer aquele doce de que você mais gosta e que faz mal a sua saúde? Para quê ser correto em seus relacionamentos se todos a sua volta parecem não se importar? Como, então, frutificar?

Para responder a todas essas perguntas, Deus "se fez carne e habitou entre nós" (Jo 1:14). O maior exemplo da frutificação das virtudes do Espírito Santo foi, e ainda é, Jesus Cristo. Ao viver como homem, o Filho de Deus provou a seus semelhantes ser possível vencer as obras da carne e manifestar a atuação do Espírito.

O Fruto do Espírito

As nove virtudes descritas em Gálatas fazem parte de um mesmo fruto, como se elas fossem gomos de uma mesma fruta. E esse fruto é resultado da direção do Espírito Santo de Deus na vida daquele que busca intimidade com o Pai. "São capacitações e virtudes que Deus nos dá para nossa vida pessoal, principalmente no que concerne ao aspecto moral e espiritual do viver", explica o pastor da Igreja Batista Morada de Camburi, Erasmo Vieira. Para ele, ao exercitar essas virtudes do Espírito, o cristão faz com que esse fruto seja arraigado em sua vida. "Quando você vê uma pessoa e percebe que ela lhe transmite uma paz enorme, é porque ela tem essa virtude e a manifesta em todos os seus relacionamentos", exemplifica o pastor.

O pastor Erasmo explica ainda que cultivar o Fruto do Espírito é de suma importância para aqueles que desejam seguir o "caminho, a verdade e a vida" (Jo 14:6). "Relacionamentos são mais importantes do que qualquer outra coisa na vida cristã e, para termos relacionamentos saudáveis, vivendo como Jesus viveu, temos que manifestar essas virtudes de caráter que Ele mostrou", avalia o pastor.

Relacionamentos saudáveis são, de fato, fundamentais não só para o cristão como também para o corpo de Cristo - a igreja. Para o pastor da Igreja Batista de Cobilândia, Wilson Fernandes, o Fruto do Espírito proporciona maior comunhão entre os filhos de Deus. "A igreja tem uma necessidade muito grande de relacionamentos saudáveis, e o Fruto do Espírito vai exatamente nessa direção", analisa o pastor Wilson. Em sua opinião, o caráter do cristão deve estar intimamente ligado ao caráter de Deus. "Nesse aspecto, o Fruto busca a santificação, nos fazendo reconhecidos por aquilo que mostramos", diz.

Buscar sem cessar

Assim como acontece com os frutos da natureza, o Fruto do Espírito também deve ser cultivado diariamente. Buscar a Deus e exercitar cada uma dessas virtudes é a recomendação do Senhor para aqueles que desejam se fortalecer espiritualmente e vencer as obras da carne. "Não se embriaguem com vinhos, mas deixem-se encher pelo Espírito, falando entre si com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando e louvando de coração ao Senhor, dando graças constantemente ao Deus Pai" (Ef 5:18-20).

O pastor Wilson esclarece que a palavra correta é exatamente esta: exercitar. "Quando a gente pratica aquilo que é sensível ao nosso coração conseguimos consolidá-lo". Para o pastor, mais do que um ensinamento, o Fruto do Espírito é uma opção que cada cristão deve fazer. "Recebemos dois mandamentos fundamentais: amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos. Mas somos nós quem escolhemos se vamos amar nosso próximo, mesmo que pareça difícil", afirma o pastor Wilson.

Em Filipenses 2:5, o apóstolo Paulo recomendou: "Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus", demonstrando que a busca pela santidade e pelo Fruto do Espírito deve ser preocupação constante para o cristão. Buscar os ensinamentos na Palavra deve tornar-se um hábito, e praticá-los garante o aprendizado e o êxito na frutificação. "Eu sou o Senhor teu Deus, que te ensina o que é bom e te guia pelo caminho que deves andar" (Is 48:17).

A melhor forma para exercitar o Fruto do Espírito, de acordo com o pastor Erasmo Vieira, é dar mais espaço para a ação do Espírito Santo. "Devemos ter uma vida relevante no ponto de viver como Jesus viveu, porém sozinhos não conseguimos. Mas o Espírito Santo abre espaço, dando-nos essas nove virtudes para que possamos nos aproximar ao máximo de sermos semelhantes ao Filho de Deus", indica o pastor.

As virtudes

"Mas o Fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei" (Gl 5:22-23) - considerando a Nova Versão Internacional. Cada um dos "gomos" do Fruto do Espírito tem uma importância única e, juntos, manifestam o propósito de Deus na vida de seus filhos. Conhecer as virtudes é vital para buscá-las. "Quando o cristão anda no Espírito e deixa de andar na carne, manifesta de maneira muito natural esse fruto", diz o pastor Wilson Fernandes.

Para o pastor Erasmo, a melhor forma de buscar as virtudes é identificar os bons exemplos na Palavra do Senhor. "A vida número um que devemos seguir é a de Jesus Cristo, mas podemos aprender também com os apóstolos Paulo, Pedro e João", exemplifica. O importante é não deixar de buscar.

O pastor Israel Belo de Azevedo, da Igreja Batista de Itacuruçá, no Rio de Janeiro, e autor do livro "O Fruto do Espírito: a vida cristã como ela deve ser", exemplifica cada uma das virtudes, mostrando suas características, relevância e ação na vida do cristão. "Cada árvore só dá um tipo de fruto, segundo a sua espécie. As virtudes não são para ser escolhidas no balcão do Espírito Santo, mas devem compor a bagagem de todo o cristão", explica o pastor Israel.

Cultivar o Fruto do Espírito e exercitá-lo em seu dia a dia é fundamental para o fortalecimento da vida espiritual do cristão. Conhecer cada uma das virtudes do Espírito Santo fará você desejá-las e buscá-las incessantemente. "Deixem-se encher pelo Espírito" (Ef 5:18), cumprindo o propósito de Deus: assemelhar-se ao caráter de Jesus Cristo.  

veja também