Prefeitura e Conselho de Pastores de Caraguá se unem contra a dengue

Prefeitura e Conselho de Pastores de Caraguá se unem contra a dengue

Atualizado: Terça-feira, 14 Dezembro de 2010 as 2:23

Os membros do Conselho de Pastores de Caraguá se reuniram com o prefeito, Antonio Carlos da Silva, e secretários municipais para estabelecer um trabalho conjunto contra a dengue. O encontro foi hoje (13/12/2010), na secretaria municipal de Educação, com a presença de 50 pastores da região e 40 pessoas responsáveis pelo trabalho contra os criadouros.

O prefeito lembrou que o município tem legislação específica que permite a entrada dos agentes de controle de zoonoses nas casas de veraneio. Antonio Carlos afirmou a importância dessa parceria com o Conselho de Pastores para que o Governo Municipal possa chegar mais próximo da população e reforçar o trabalho contra a dengue.

O diretor de Saúde Coletiva, Guilherme Garrido, salientou a importância da participação da comunidade. A operação Bota Fora é um dos projetos de combate ao criadouro do Aedes Aegypti, somente no bairro do Tinga, foram recolhidos 20 caminhões de materiais inservíveis e dois mil imóveis visitados. Este ano, até o mês de novembro, os agentes da Zoonoses vistoriaram cerca de 200 mil residências. “Na temporada o trabalho é intensificado com plantões nos fins de semana”, disse Garrido.

Bota Fora continua na Ponte Seca, Rio do Ouro e Jaraguazinho

Entre a última segunda (13) e sexta-feira (17), agentes de saúde e do Centro de Controle de Zoonoses estarão nos bairros Ponte Seca, Rio do Ouro e Jaraguazinho para alertar a população sobre os perigos da dengue e comunicar sobre a operação Bota Fora que será realizada no próximo sábado (18).

No último sábado (11), moradores do Centro, Benfica, Estrela D'Alva e Caputera receberam o mutirão. Foi necessário o equivalente a sete caminhões para retirar o entulho de aproximadamente 2.221 imóveis.

Agentes da operação já visitaram cerca de 3.921 residências de 5 bairros da região central da cidade, que segundo dados do Centro de Controle de Zoonoses é a maior responsável pelos criadouros do mosquito.

veja também