Presbiteriana reúne mais de 10 mil pessoas em aniversário de 150 anos

Presbiteriana reúne mais de 10 mil pessoas em aniversário de 150 anos

Atualizado: Terça-feira, 11 Agosto de 2009 as 12

O culto aconteceu na tarde do dia 8 de agosto, em São Paulo (SP), e recebeu caravanas de diversas igrejas do interior e também da capital. Os dez mil lugares do Ginásio do Ibirapuera foram tomados por presbiterianos do estado de São Paulo, que juntos celebraram os 150 anos da Igreja Presbiteriana do Brasil.

Além dos representantes da mesa do Supremo Concílio da IPB, rev. Roberto Brasileiro (presidente) e rev. Ludgero Bonilha (secretário executivo), a mesa da solenidade estava composta pelos presidentes dos 14 sínodos paulistas, lideranças do Instituto Presbiteriano Mackenzie - como o rev. Juarez Marcondes e o presb. Gilson Novaes- , rev. Jáder Borges, executivo da Comissão Sesquicentenário, rev. Guilhermino Cunha, da comissão dos 150 anos da IPB no Rio de Janeiro, rev. Carlos Aranha, pastor da IP Unida e condutor da liturgia do culto, dentre outros.

Outras autoridades notáveis estiveram presentes, como Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo, e que parabenizou a IPB por mais um ano de vida e sua atuação na sociedade, dr. Cláudio Lembo, ex-governador de SP, e o diretor da Empresa de Correios e Telégrafos, José Ferreira Filho, que conduziu, naquela tarde, o lançamento do selo comemorativo dos 150 anos da IPB. O governador José Serra enviou seu representante.

Um grande coral, composto por vozes de diversas igrejas, conduziu os demais irmãos no momento de louvor, acompanhado pela orquestra composta pelo projeto Criar e Tocar e por músicos da IP Ebenézer, regidos pelos maestros Parcival Modolo e João Guirau. Hinos do Hinário Novo Cântico e os alusivos aos 150 anos da IPB, como o Bênção Inefável, foram entoados no culto.

Igreja de pés formosos

O rev. Roberto Brasileiro foi o mensageiro da ocasião, baseou sua palavra na passagem bíblica de Rm 10:9-15, e pontuou as principais características de uma igreja de pés formosos.

O pastor ressaltou a importância da experiência da salvação, o testemunho vivo na sociedade, o tratamento ao próximo como igual e a importância do cumprimento do Ide.

Fazendo menção aos municípios que ainda não possuem igrejas organizadas, o rev. Roberto desafiou: “Devemos olhar para o Brasil e preencher essas lacunas. Somos enviados de Deus a esse povo”. E ainda deixou como exemplo a vida do rev. José Manoel da Conceição, que mesmo após sua morte, levou pessoas a conversão através de seu testemunho de vida.

A mensagem tocou os corações dos dez mil ouvintes do interior do estádio, bem como os irmãos que acompanharam do lado de fora pelo telão, devido a superlotação do local. Juntos encerraram a celebração orando, de joelhos, pelas vidas das igrejas presbiterianas e seus pastores, e cantando hinos de louvor a Deus.

O evento foi transmitido, ao vivo, a todo o Brasil, pela Rede Presbiteriana de Comunicação, através da página do Portal IPB na internet. Um dos que estiveram acompanhando a solenidade em tempo real foi o rev. Afonso Celso, da IP de Canela (RS).

Confira fotos dessa grande festa pelos 150 anos da IPB clicando aqui

veja também