Presidente da Renascer fala sobre a tragédia

Presidente da Renascer fala sobre a tragédia

Atualizado: Segunda-feira, 19 Janeiro de 2009 as 12

O presidente da Igreja Renascer e deputado federal, bispo Geraldo Tenuta, falou novamente com a imprensa na manhã desta segunda-feira, 19 de janeiro, logo que chegou à sede da Igreja Renascer em Cristo, no bairro do Cambuci, na zona sul de São Paulo, que encontra-se totalmente destruída devido ao desabamento do teto na noite de domingo, 18 de janeiro.

"A Igreja está ferida, as pessoas são preciosas para nós. Nossa preocupação maior está sendo com as famílias, porque fazem parte da nossa família. Estamos dando todo o atendimento. Eu era um jovem drogado, Deus transformou minha vida e eu sei o valor de &vida&. Então, temos a perda destas nove como algo muito duro para nós".

Geraldo Tenuta reiterou o que tinha afirmado na noite de ontem, 18, que a documentação do prédio está correta, dentro da legislação, e disse que o desabamento é um mistério para a instituição. "A minha filha estava aí, se houvesse qualquer tipo de negligência ela não estaria no culto das 17h, no momento em que aconteceu o desabamento."

Ao ser questionado sobre possíveis indenizações, Tenuta afirmou que sem dúvida haverá. "Reitero que eles são da nossa família. Em Santana [uma das igrejas regionais da Renascer], eu tenho mais de dois mil membros que caminham conosco, cada um tem uma história e este é o momento mais difícil. Nos responsabilizamos pelas pessoas, por acompanhar não só agora, mas tudo o que for necessário à frente. O apóstolo [Estevam Hernandes] me ligou e falou: &cuida das vidas, foi uma catástrofe muito forte, mas cuida das pessoas&".  

Quanto aos cultos que seriam ministrados no prédio nesta semana, ainda não foi definido onde será novo local para os fiéis congregarem.  

Leia também: Teto da Igreja Renascer desaba Apóstolo Estevam e Bispa Sônia Hernandes enviam mensagem à Igreja Foto: Getúlio Camargo

veja também