Prisão de Justin Bieber leva cristãos a pedirem que pastores o ajudem

Prisão de Justin Bieber leva cristãos a pedirem que pastores o ajudem

Atualizado: Quarta-feira, 29 Janeiro de 2014 as 11:22

Prisão de Justin Bieber leva cristãos a pedirem que pastores o ajudemCentro de fatos polêmicos recentes, o jovem cantor Justin Bieber tem sido alvo de muitas críticas por parte de pessoas do mundo todo. Preso na última quinta-feira, 23/02, por dirigir embriagado e em alta velocidade, o pop-star teve direito a fiança (aproximadamente R$ 6 mil), porém não se livrou das críticas e comentários de internautas.
 
Após ser "aconselhado" pelo pastor Marty Angelo - que escreveu uma carta aberta ao cantor - sobre o perigo do abuso de alcool e drogas, Bieber também está sendo alvo de críticas nas redes sociais. 
 
Diversos internautas estão citando o cantor e mandando mensagens aos pastores Judah Smith e Carl Lentz - amigos do cantor - pedindo que estes o orientem. 
 
Foi o que pediu, por exemplo, Shawn Raly, ministro da juventude de uma igreja evangélica em Oak Grove em seu perfil oficial do Twitter.
 
"Ei, Judah Smith! Acho que você precisa levar o seu menino de volta para a igreja. Ele precisa de orientação", postou.
 
Além disso, a hashtag "#prayforjustin" também tem sido bastante usada pelos internautas.
 
Em outro post, David Arnold, ministro de uma comunidade cristã da Índia também direcionou uma mensagem sobre Bieber a Carl Lentz, pastor da igreja Hillsong NYC (Cidade de Nova York). 
 
"Ei, Carl Lentz, o que está acontecendo com o Biebs? Oremos por ele... Ele precisa um pouco mais da Palavra", escreveu.
 
Apesar de já ter se confessado cristão, Justin Bieber tem vivido momentos conturbados em sua vida. Escândalos que envolvem abuso de drogas, álcool, prostituição e delinquência têm se tornado cada mais frequente na carreira do pop-star.
 
Ao comentar a situação de Bieber, o pastor Smith destacou que tem feito o possível para ajudar o jovem a se afastar de situações como estas.
 
"Eu faço o meu melhor para encorajá-lo, e ele é um rapaz espetacular", relatou.
 
O pastor ainda destacou que busca apresentar o evangelho ao cantor de forma contextualizada.
 
"Eu tendo a refletir certamente que Justin tem uma série de chances de se envolver com tentações. Mas sinceramente, eu acho que todos passamos por isso. Assim, eu gostaria de encorajá-lo, como eu faço com a maioria da igreja, para agir como Jesus, e sempre se fazer a pergunta 'o que Jesus faria?'. Tenho certeza que Justin teria fantásticas decisões em sua vida", resumiu.
 
Com informações do Christian Post

veja também