Professora norte-americana descobre bíblia de 340 anos

Professora norte-americana descobre bíblia de 340 anos

Atualizado: Segunda-feira, 17 Janeiro de 2011 as 4:34

Debra Court, uma professora do ensino secundário de Bonduel, em Wisconsin (EUA), descobriu uma bíblia alemã de 340 anos em um cofre da escola da Igreja luterana onde trabalha. A obra, de 1.500 páginas, é uma tradução do texto original de Martinho Lutero e foi impressa na Alemanha em 1670.

A descoberta foi feita há dois anos, altura em que a professora andava à procura de documentos antigos para mostrar aos seus alunos, mas Debra Court diz que não se apercebeu da raridade do documento - que julgava tratar-se apenas de um "livro velho".

O pastor da congregação, Timothy Shoup, fotografou então a bíblia e enviou as imagens para os estudiosos, que acabaram por identificar a obra, de que há apenas 40 cópias conhecidas no mundo inteiro.

Shoup confessou à Associated Press que não faz ideia de como o livro chegou até à sua congregação.

"Não sabemos porque a tínhamos no cofre - temos estado a perguntar a todos os membros mais antigos da congregação e a pessoas que estão em lares, mas ninguém se lembra."

veja também