Programa de Saúde difunde princípios adventistas

Programa de Saúde difunde princípios adventistas

Atualizado: Terça-feira, 19 Abril de 2011 as 4:02

No mês da saúde o Hospital Adventista de Belém e a Igreja Adventista do Marco I realizaram o Programa Vida Saudável (PVS) entre os dias 11 e 15 de Abril em Belém no Estado do Pará. O programa teve o objetivo de levar saúde física, mental e espiritual para os 600 participantes. O projeto surgiu a partir do programa da igreja que visa buscar reavivamento e reforma em 2011.

Contando com a participação de profissionais de saúde de diversas áreas, o programa proporcionou exames clínicos e avaliação de fatores de risco, além de palestras sobre os mais diversos temas ligados a saúde preventiva.

O acompanhamento médico feito por meio de exames clínicos, as palestras de orientação e todo serviço do programa seguiram os conceitos de saúde da igreja adventista e foram apresentados de forma simples e atrativa desafiando as pessoas a mudaremos os hábitos e a melhorarem o estilo de vida. “Ao vermos os irmãos se envolvendo com o programa vemos o nosso sonho e o sonho de Deus se realizando. A obra médico-missionária dando as mãos com a pregação do evangelho para levar as pessoas a Jesus”, afirmou Dr. Eduardo Clajus, idealizador do PVS. O projeto também trouxe benefícios espirituais:

“Vamos em primeiro lugar orar pelos participantes e depois através da amizade, fazer com que os adventistas que participaram do programa entrem numa ação missionária mais efetiva alcançando todos os participantes do encontro com a Palavra de Deus”, explicou o pastor Argemiro Andrade, líder da igreja local.Esta parceria entre igreja hospital proporcionou um desafio para a equipe do PVS, que geralmente se realizavam para grupos de 20 a 30 pessoas e, para este projeto em específico, o número de participantes superou as expectativas. “Foi realmente um desafio. Mas alguns voluntários nos deram condições de atender tanta gente”, afirmou a Dra. Leodeni Costa, nutricionista do PVS.

A receptividade foi marca registrada do PVS. “Este programa me salvou porque estava muito debilitada em minha saúde e não tinha qualidade de vida” relatou a Dra. Cassandra Flexa de 47 anos que é admiradora da filosofia da igreja. Outro aspecto interessante foi a linguagem simples utilizada nas palestras, o que tornou o conhecimento acessível a todos. “Gostei dos temas abordados aqui principalmente porque ouvimos sobre medicina na linguagem do povo, de fácil assimilação. Chamou realmente a atenção porque ouvimos coisas que se encaixam perfeitamente com a realidade de muitas pessoas e neste caso com a minha”, afirmou o Sr. Merando Quadros que participou do projeto.

A semana inaugurou o inicio das atividades do projeto, que se divide em duas fases, e vai encerrar em junho de 2012. “Ainda teremos as sessões de exercício físico bem como as de nutrição onde os participantes terão a oportunidade de entrar em contato de maneira evidente com os nossos princípios sobre a alimentação e serão orientados sobre as atividades físicas necessárias ao nosso corpo”, disse Dr. Eduardo Clajus.

veja também