Projeto adventista incentiva jovens a ingressarem na universidade

Projeto adventista incentiva jovens a ingressarem na universidade

Atualizado: Sexta-feira, 11 Fevereiro de 2011 as 1:18

No dia 13 de março vai ter início o projeto Sonhando Alto em Pontes e Lacerda, Mato Grosso. Serão quatro dias de treinamento a fim de preparar os jovens mato-grossenses para a colportagem estudantil. O evento contará com a participação especial do pastor Adilson Morais, líder de Publicações da União Centro Oeste Brasileira (UCOB).

Mas como funciona o projeto Sonhando Alto? Trata-se de um plano criado pela Igreja Adventista do Sétimo Dia com o objetivo de auxiliar os jovens a angariar recursos para custear seus estudos, ou seja, serve como uma “porta de entrada” para uma universidade adventista.

O poeta Fernando Pessoa já dizia que “o homem é do tamanho do seu sonho”. A seguir você ficará por dentro da história do pastor Walney Costa, líder da igreja na região de Confresa, que participou do projeto Sonhando Alto em 2001 e, através dele, ingressou no curso superior do Unasp, Campus Engenheiro Coelho, juntamente com sua esposa e seu cunhado: “Depois de um ano que me batizei na Igreja Adventista do Sétimo Dia senti que precisava começar um trabalho mais abrangente para salvar alma e em 2001 ingressei numa campanha de colportores efetivos.

Em 2003, enquanto colportava na cidade de Itiquira conheci minha esposa Angelitta, um presente de Deus. Ao entrar em contato com estudantes do Unasp, eles me incentivaram a participar do projeto Sonhando Alto. No segundo semestre do mesmo ano eu, minha esposa e meu cunhado aceitamos o desafio e fomos trabalhar em Sinop. Vendemos naquela campanha 38 mil reais, valor correspondente a duas bolsas e meia.

Nós três fomos estudar no Unasp, Campus Engenheiro Coelho. Cursei Teologia, minha esposa Pedagogia e meu cunhado concluiu Letras e fez pós-graduação. Hoje, ele também estuda Teologia e se prepara para o ministério. Atualmente, sou pastor do distrito de Confresa, interior de Mato Grosso e sinto-me feliz e realizado por ter o privilégio de fazer o trabalho de Deus. Por isso, desafio os jovens mato-grossenses a mudarem a trajetória de suas vidas através do projeto Sonhando Alto”.  

veja também