Projeto de reciclagem de óleo envolve alunos de colégio adventista

Projeto de reciclagem de óleo envolve alunos de colégio adventista

Atualizado: Quarta-feira, 14 Dezembro de 2011 as 11:57

O óleo de cozinha é utilizado no mundo inteiro. As famosas batatinhas fritas, os hamburgueres, os pastéis e centenas de receitas levam em seus igredientes o componente. No Brasil, o consumo chega a ser de quinze litros por pessoa, no ano. A reutilização excessiva do produto chega a ser comum em estabelecimentos gastronômicos e até dentro de casa. Mas, será que as pessoas tem o hábito de cuidar da saúde e agem corretamente na hora de descartar o óleo sujo? Os alunos do Colégio Adventista de Registro, no Vale do Ribeira, SP, ensinam a utilizar esse recurso sem agredir o meio ambiente e ajudam a promover saúde com atitudes ecologicamente corretas.

O material usado que geralmente é desprezado em lixos e ralos de pia - um litro de óleo jogado em lugares indevidos contamina mais de 20 mil litros de água potável, além de contribuir para o aquecimento global - é recolhido pelos estudantes, armazenado em uma área da instituição e vira sabão na sala de química, para então ser distribuído à comunidade.

O trabalho de arrecadação do óleo e orientação sobre os malefícios que ele provoca tanto no consumo exagerado como à natureza, teve o apoio da turma do 2º ano do Ensino Médio e foi desenvolvido em toda a instituição. Pontos estratégicos de coleta foram implantados em toda a escola, folhetos e cartazes com informações sobre o assunto foram distribuídos e expostos no mural do colégio.

Durante as aulas os alunos aprenderam todo o processo de produção do sabão - a composição química, a quantidade de produtos utilizados e o preparo - até o momento de embalar e empilhar o sabão para ser doado.

Para Igor Bernadino de Oliveira, aluno do 2º ano do Ensino Médio, o projeto trouxe benefícios não só às pessoas do bairro. “Pude tirar várias lições com a proposta lançada em sala: ter um rendimento melhor na disciplina; ajudar ao próximo; colaborar com o meio ambiente e com a saúde e reaproveitar outros materiais recicláveis. A partir dessa iniciativa que teve a orientação da professora Deise minha família está produzindo sabão em casa”, comentou o estudante.

Desde o início da campanha, promovida no segundo semestre de 2011, foram arrecadados mais de 500 litros de óleo. “Em pouco tempo conseguimos mobilizar os alunos e hoje, toda a escola participa do projeto. Aos poucos vamos implantando a cultura de reciclagem e inserindo hábitos saudáveis em nossa comunidade”, explica Luciana Aparecida Nunes, coordenadora pedagógica.

Durante o recesso escolar o colégio será um ponto de coleta e conta com a colaboração dos moradores da região.

FOnte: [Equipe ASN, Danúbia França]

veja também