Projeto "Povos do Mundo Escrevem a Bíblia" é lançado em Ilha Grande (RJ)

Projeto "Povos do Mundo Escrevem a Bíblia" é lançado em Ilha Grande (RJ)

Atualizado: Quinta-feira, 28 Maio de 2009 as 12

Uma iniciativa do Vale da Bíblia, em Israel, o projeto Povos do Mundo Escrevem a Bíblia foi lançado no dia 18 de maio, em Ilha Grande (PA). O projeto, que pretende mobilizar 21 países na produção de exemplares manuscritos das Sagradas Escrituras no idioma de cada nação envolvida, recebeu o apoio da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), que coordenará uma das Bíblias copiadas por brasileiros. Posteriormente, todas as obras ficarão expostas na Casa da Bíblia, em Israel. Para o evento, foram convidados a governadora do Estado, Ana Júlia Carepa, o prefeito de Belém, Duciomar Gomes da Costa, o embaixador de Israel, Giora Becher, e o fundador do Vale da Bíblia, Amos Rolnik, entre outras autoridades.

Escolhida para sediar o lançamento, a Ilha Grande, localizada a cerca de 40 minutos de barco de Belém, é uma das comunidades atendidas pela SBB, por meio do programa Luz na Amazônia. Desde 2004, com apoio de parceiros como a Secretaria Municipal de Saúde de Belém e a Universidade Federal do Pará, a SBB realizou, em mais de 30 viagens a esta localidade, várias ações assistenciais na área espiritual, saúde, educação e saneamento. "Cabe destacar que a Bíblia e a sua mensagem tem papel primordial nas transformações ocorridas nas pessoas desta comunidade. A vontade de conhecer o conteúdo da Bíblia motivou muitas pessoas a aprenderem a ler", observa o Secretário de Comunicação e Ação Social da SBB, Erní Seibert, lembrando que este novo projeto também incentiva a leitura das Escrituras.

Os participantes foram transportados até Ilha Grande no barco Luz na Amazônia III, utilizado pela SBB no programa voltado às comunidades ribeirinhas do Pará. Após a cerimônia de lançamento, as autoridades foram convidadas a copiar versículos da Bíblia que seguirá para Israel. A programação também incluiu atividades assistenciais à população, assim como a realização de palestras educativas e Escola Bíblica para crianças, desenvolvidas pelo programa social da SBB.

O projeto Povos do Mundo Escrevem a Bíblia é um desdobramento do concurso Crianças do Mundo Pintam a Bíblia, realizado em 1999 e que envolveu quase 800 mil crianças de 91 países, em cinco continentes. Os vencedores ganharam uma viagem a Jerusalém, incluindo uma visita à Terra Santa. A experiência deu origem a uma exposição itinerante e trouxe uma série de resultados positivos que motivaram os organizadores a iniciar este novo projeto em 2008, declarado o Ano da Bíblia Manuscrita, em todas as nações. Coincidentemente, a SBB desenvolveu, em 2008, uma ação com as mesmas características: o projeto da Bíblia Manuscrita, lançado para comemorar os 60 anos da entidade e que teve a proposta de produzir 29 exemplares completos das Sagradas Escrituras, mobilizando milhares de brasileiros ao longo do ano.

A sede de Jerusalém preparou para cada país uma Bíblia na tradução selecionada pelos coordenadores nacionais, além de páginas especiais, padronizadas, as únicas a serem aceitas. As cópias manuscritas serão enviadas diretamente para a Casa da Bíblia, localizada no Vale da Bíblia, na Terra Santa, ficando disponíveis para as gerações futuras. Cada pessoa que copiar um versículo receberá um certificado de participação e seu nome aparecerá entre os cerca de 30 mil copistas de seu país no site da entidade: www.bible-valley.org/inscribing .

Considerada o Livro dos Livros, as Escrituras Sagradas já foram traduzidas para 2.454 idiomas e dialetos - mais do que qualquer outra obra literária. No Brasil, o texto bíblico escolhido é a Nova Tradução na Linguagem de Hoje, uma versão fiel aos textos originais e que, ao mesmo tempo, adota a estrutura gramatical e a linguagem falada pelo brasileiro, lançada pela SBB.

veja também