Projeto sobre homossexuais e o tratamento psicológico é reapresentado

Deputado pernambucano reapresenta projeto sobre homossexuais e psicólogos

Atualizado: Quinta-feira, 4 Julho de 2013 as 5:05

anderson ferreiraNa tarde desta-quarta feira, 3 de julho, um dia depois de o projeto apelidado de 'cura gay' ser arquivado, o deputado Anderson Ferreira (PR-PE) o reapresentou na Câmara.
 
Segundo ele, no regimento da Câmara há uma brecha, então ele protocolou um projeto de lei com teor idêntico à proposta do deputado João Campos (PSDB-GO). O texto suspende trecho de uma resolução do Conselho Federal de Psicologia que proibiu profissionais da área de colaborar com eventos e serviços que prometam "tratamento e cura" da homossexualidade.
 
Anderson Ferreira não concordou com o fato de o projeto de João Campos ter sido retirado de tramitação, mesmo tendo sido requerido pelo próprio autor.
 
Agora ele reapresentou o projeto e afirma que se a Mesa Diretora decidir barrar a tramitação da proposta, irá recorrer para que o plenário da Casa tome a decisão final. 
 
Para Anderson Ferreira, o projeto foi “rotulado pejorativamente pela mídia”, como preconceituoso. “Tentaram sepultar o projeto ontem [terça]. Mas, na verdade, a decisão do Conselho Federal de Psicologia de proibir o atendimento de homossexuais que procuram psicólogos é um lixo, foi legislar. Restringe a autonomia do psicólogo”, argumentou. 
 
"Em nenhum momento tratamos projeto sobre Cura Gay, mas, sim, garantindo o exercício pleno do profissional de psicologia", reiterou.
 
 
com informações do G1 e Estadão
 
 

veja também