Propaganda de Beyoncé deixa cristãos preocupados

Propaganda de Beyoncé deixa cristãos preocupados

Atualizado: Segunda-feira, 22 Novembro de 2010 as 10:23

O Instituto Cristão Advertising Standards Authority (ASA) manifestou preocupação com a publicidade sensual, após um anúncio do novo perfume de Beyoncé, considerado impróprio para a televisão durante o dia.

O ASA decidiu que o anúncio do perfume foi "sexualmente provocante" e, portanto, "impróprio para ser visto por crianças".  O anúncio mostra Beyoncé dançando sensualmente em um vestido vermelho e fazendo gestos provocativos.

"O anúncio pode ser desagradável para alguns, mas pouco provável de causar ofensa grave ou generalizada para a maioria dos espectadores", afirma ASA.

No entanto, ele confirmou queixas de vários espectadores que estavam descontentes que o anúncio tinha sido transmitido durante o meio do dia, momento em que eram exibidos programas para famílias. "Consideramos que o anúncio não deveria ter sido exibido antes 19h30”.

Mike Judge, do Instituto Cristão, aumentou a preocupação sobre o efeito dos anúncios nas meninas. "Conforme se aproxima o natal somos bombardeados por anúncios de perfume inadequados na televisão, nas ruas e nos centros comerciais", disse ele. "Esse tipo de anúncio só contribui para a sexualização da sociedade, no entanto, muitas pessoas estão se manifestando contra. Eles provocam danos em especial nas jovens e mulheres que tentam se enquadrarem em uma imagem de corpo perfeito”, disse Judge, que acrescentou ainda que o ASA tomou medidas contra o anúncio após 14 reclamações de pessoas. Coty, fabricante do perfume de Beyoncé, defendeu o anúncio, afirmando que foi "consistente com muitos vídeos de música".

No início deste ano, o produtor musical Mike Stock advertiu que as crianças estavam sendo "sexualizadas" pela cultura pop.

“Trata-se de manter os valores que são importantes no mundo moderno. Hoje em dia com dois anos já pode assistir Britney Spears ou Lady Gaga”.

veja também