Proprietário de livraria cristã é preso novamente na China

Proprietário de livraria cristã é preso novamente na China

Atualizado: Segunda-feira, 5 Maio de 2008 as 12

O proprietário de uma livraria em Beijing (Pequim) foi preso novamente por publicar Bíblias e literatura cristã após ter sido liberado em janeiro devido a "evidências insuficientes".

Shi Weihan, 37 anos, pai de dois filhos, foi preso no dia 19 de março. Visitas familiares não têm sido permitidas, de acordo com sua esposa Zhang Jing. A primeira prisão dele ocorreu de 28 de novembro de 2007 a 4 de janeiro de 2008.

Sua esposa disse não ter recebido qualquer informação sobre a condição de seu marido e contou ter sido proibida de lhe levar qualquer comida ou troca de roupa desde que ele foi preso.

Zhang disse estar "muito preocupada" com a saúde de Shi Weihan porque ele tem diabetes.

Dono de uma livraria localizada perto da Vila Olímpica, Shi nunca havia tido qualquer problema com as autoridades até sua prisão em novembro passado, de acordo com um velho amigo.

Sua livraria operava legalmente, e vendia apenas livros com permissão do governo. Pela empresa, a Sociedade Comercial Santo Espírito, Shi imprimiu Bíblias e literatura cristã sem autorização para distribuir às igrejas domiciliares locais, de acordo com a "Asia Times Online".

Em janeiro, Zhang disse à "Asia Times Online"  que Shi estava preocupado por publicar os livros não autorizados, mas por causa da forte necessidade das igrejas ele sentiu que valia a pena correr o risco.

veja também