Protagonista diz que cena de 'José do Egito' foi a melhor da carreira

Protagonista diz que cena de 'José do Egito' foi a melhor da carreira

Atualizado: Sexta-feira, 11 Outubro de 2013 as 8

José do EgitoO capítulo final de 'José do Egito' foi ao ar nessa quarta-feira, 9 de outubro, pela Record.
 
Ângelo Paes Leme, intérprete do protagonista em sua fase adulta, frisa a importância do papel em sua vida.
 
Ao falar da satisfação em participar da trama, o ator destaca o conjunto da obra e a qualidade dos profissionais envolvidos.
 
"Foi um trabalho em que tive muita satisfação em realizar pelo conjunto da obra. Foi um prazer pela forma como foi feito, como o Alexandre Avancini conduziu a realização, trazendo uma estética nova com as câmeras ArriAlexas, pela equipe preciosa e muito competente – e nisso englobo não só os atores, mas todo mundo da técnica até, obviamente, a Vivian de Oliveira. Ela conseguiu dar um retrato bonito e profundo para a história. É uma satisfação profissional ter a possibilidade de contar uma história bonita, emocionante, profunda e, ao mesmo tempo, poder contar com toda a equipe que foi fundamental. Fazer parte desse conjunto foi muito gratificante", diz ele.
 
Desde que começou a minissérie, Ângelo comenta a alegria em interpretar José, personagem com história tão rica. Agora ele destaca a cena que lhe foi mais marcante.
 
José do Egito
 
"A cena que mais me marcou foi a que, na minha opinião, é a grande cena de José. É quando ele faz se revela para os irmãos e se liberta do esconderijo de governador em que ele vive. Ele se liberta do passado e consegue se realizar o que tanto quis na vida, que era reencontrar e perdoar os irmãos. Foi muito forte. Foi uma cena de umas 10 páginas e parte dela é com o discurso de Judá, que é o irmão que se assemelha bastante com José. Eles têm uma cumplicidade muito grande. O Vitor Hugo fez a cena muito bem. Eu arrisco dizer que foi a melhor cena que eu fiz em 22 anos de carreira. Foi a mais forte com certeza", completa o ator.
 
 
com informações do R7
 

veja também