Psicóloga evangélica reage a matéria da Folha de SP

Psicóloga evangélica reage a matéria da Folha de SP

Atualizado: Quinta-feira, 16 Julho de 2009 as 12

Em resposta a reportagem do jornal Folha de SP da última terça-feira, 14 ("Psicóloga que diz 'curar' gay vai a julgamento em conselho), Rozângela Justino afirmou que foi enganada pelo jornalista Vinícius Galvão que se fez passar por paciente. De acordo com o informativo da Abraceh, - entidade cristã liderada por Justino de apoio às pessoas que desejam deixar o homossexualismo - "Ele [repórter da Folha] publicou no Jornal várias falas que não são suas , expondo-a a perdas e danos morais, profissionais e físicos. Ela já preparou o seu direito de resposta que está sendo enviado ao Jornal para que publique a sua versão. Devido a esta exposição e vulnerabilidade ela está providenciando a mudança de local de trabalho que será divulgada somente para os seus pacientes".

A psicóloga, que será julgada no próximo dia 31 de julho no CFP (Conselho Federal de Psicologia) por apoiar aqueles que desejam volutariamente deixar o comportamento homossexual, pode ter a licença profissional cassada. Segundo Rozângela, a pessoa não nasce com atração pelo mesmo sexo, mas sim "está" em tal condição que pode ser revertida caso haja interesse daquele que sofre com o homossexualismo.

"Como a mídia, de uma forma geral está comprometida com os ativistas do movimento pró-homossexualismo é possível que mais distorções ocorram", enfatiza a Abraceh. Amanhã, 16, a psicóloga terá um encontro com a TV Globo em frente a Alerj - Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.

Rozângela recebeu recentemente uma initmação para responder a mais processos junto ao CRP-RJ (Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro), em que ativistas do movimento LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) reuniram artigos do seu blog a fim de formalizar uma denúnica.

"Temos muito pouco tempo para agirmos, razão pela qual devemos imprimir o abaixo assinado,  xerocopiá-lo e colhermos  o máximo de assinaturas possíveis".

Em cada folha cabem 25 assinaturas. Os formulários deverão ser enviados para:

CAIXA  POSTAL 106.075 - Niterói - RJ CEP 24.230-970.

Para ter acesso ao abaixo-assinado, CLIQUE AQUI .

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também