Qual será a resposta de Deus?

Qual será a resposta de Deus?

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:17

Ao comentar com franqueza a difícil situação de sua vida, uma jovem disse: Desejava ser popular entre os rapazes. Um dia, cedi à tentação no banco traseiro de um carro.

Fiquei grávida e tive um bebê, mas logo perdi o filho que tanto amava e me tornei viciada em drogas. Agora sou prostituta. E ela terminou o relato perguntando:

“Há esperança para mim?”

A história inquietante dessa jovem não é a única. De uma ou outra maneira, representa todos nós nos momentos de opressão ou diante das mais variadas situações problemáticas.

Quantas pessoas se sentem como essa mulher! Trata-se de seres que, em meio às suas angústias, almejam paz para o coração atribulado. Talvez seja o jovem de vida irregular que busca com ansiedade melhorar seu mundo interior, ou o adulto que necessita preencher o vazio da alma com um padrão diferente de conduta. Enfim, podem ser seus amigos ou os meus que procuram afeto e compreensão para o pesado fardo que suportam. Todos esses corações angustiados fazem a si mesmos a grande pergunta: “Existe esperança para mim?

Quantas e quantas vezes em algum momento de nossas vidas não fizemos essa pergunta? Existe esperança para mim?

Existe esperança para um ladrão, assassino, sequestrador, estuprador, terrorista? Existe esperança para a humanidade caída e perdida em seu mundo de pecados, vícios e prazeres?

Sim, não, talvez, qual será a resposta de Deus?

Após colocarmos Deus no banco dos réus pela nossa vã maneira de viver, questioná-lo onde Ele está pela nossa falta de fé e insistentemente perguntarmos por que, Senhor, por não entendermos Seus planos, ainda resta uma pergunta que somente Deus poderá responder. Qual será a resposta de Deus?

A resposta de Deus é sim, existe esperança!

Houve esperança para a mulher que venceu sua vida de libertinagem e hoje é uma nova pessoa. Continua havendo esperança para o jovem que perdeu seu rumo e para o adulto que sonha com uma vida plena e radiante, para o ladrão, assassino, sequestrador, estuprador, terrorista verdadeiramente arrependido.

Para a humanidade caída, perdida e desprovida da glória de Deus, graças a Cristo nosso cordeiro pascoal e sumo sacerdote que deu a vida por nós para podermos novamente ter a oportunidade da salvação e vida eterna, podemos crer que ainda existe esperança.

Cristo, esse Deus maravilhoso que desde o princípio ensina que a salvação é pela graça, mediante a fé nEle. O mundo devia ser salvo, a ovelha perdida encontrada, a maldade vencida e a morte derrotada. Cristo o Deus encarnado, o Messias esperado que, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes a Si mesmo Se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-Se obediente até a morte e morte de cruz (Filipenses 2:6-8).

Não existe palavra humana que possa explicar essa dimensão infinita de amor, não há mente que o possa entender em sua plenitude. Cristo poderia haver descido da cruz. Mas foi porque Ele não Se salvou a Si mesmo que o pecador tem a esperança de perdão e favor para com Deus. “Desejado de Todas as Nações, p.749”.

Cristo é a resposta de Deus.

Por Maiara Maciel.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições