"Quando você se machuca, também machuca a Deus", diz artista cristão sobre pintura famosa

Stephen Sawyer diz que a imagem representa nosso corpo como templo da Presença de Deus.

fonte: Guiame, com informações da CBN News

Atualizado: Domingo, 19 Agosto de 2018 as 12:15

O modelo para o viciado na pintura é um ex-usuário que agora está limpo. (Foto: Reprodução).
O modelo para o viciado na pintura é um ex-usuário que agora está limpo. (Foto: Reprodução).

A pintura tem o título de "Calvário", e é uma representação dramática do que parece ser um viciado em heroína tentando se drogar e Jesus atrás. O viciado usa uma seringa para enfiar uma agulha no que parece ser o braço de Jesus, que está de pé atrás dele com uma expressão de agonia.

A pintura, uma obra do artista cristão Stephen Sawyer, se tornou viral, ganhando a internet. "Nomear uma pintura tem muito valor, tentar criar um nome que honre a história que você está tentando contar", disse Sawyer à CBN News.

"’O Calvário’  é uma dor à qual nos associamos não apenas com grande tristeza, mas com grande vitória. Sabemos que Jesus disse: 'O Reino de Deus está dentro de você', o que significa que o templo não é uma fachada para a qual você caminha. O templo é o corpo humano", ele prosseguiu.

"Podemos criar um magnífico lar para a Presença de Deus em nossas vidas. E assim, na pintura, o que você vê à primeira vista algumas pessoas vêem o viciado atirando para cima; algumas pessoas vêem o viciado atirando no braço de Jesus", continuou Sawyer.

"Mas a verdade é que eu estava tentando demonstrar o fato de que Deus vive dentro de nós, e esses dois braços são o mesmo braço. E se você olhar para isso, verá que é o braço de Jesus e também o braço do viciado", disse ele.

"Não importa de que maneira você olhe, isso significa que significa que quando você se machuca, você também magoa a Deus", continuou Sawyer. "De certa forma, quando as pessoas abusam de seus corpos, quando abusamos dessa parte preciosa, o templo fica contaminado. Para mim não foi um longo período apenas para pensar que seria como uma outra crucificação, porque estamos sofrendo a presença de Deus em nossa vida", explicou.

O artista compartilhou com a CBN News que o modelo para o viciado na pintura é um ex-usuário que agora está limpo e servindo e ajudando outros que foram "danificadas" pelas drogas. Paula Berry Butler compartilhou a pintura no Facebook. Em seu post, ela escreve que viu a obra de arte na vitrine de uma loja em Gatlinburg, Tennessee (EUA), uma cidade turística no coração das montanhas Great Smoky. Sawyer é dono da loja, que é chamada de "Art for God" (Arte de Deus).

"Fiquei chocada, mas isso me deu arrepios", escreveu Butler. "Meu amigo Garry e eu pensamos que deveria ser pendurado em todos os centros de reabilitação, prisão e hospitais". Butler se aventurou na loja e disse que uma jovem funcionária iniciou uma conversa com ela. Ela escreveu que a mulher havia revelado que era uma ex-drogada em recuperação e estava grata pelo trabalho.

veja também