"Quase, não dá", diz André Valadão em ministração

"Quase, não dá", diz André Valadão em ministração

Atualizado: Terça-feira, 30 Março de 2010 as 12

O último domingo, dia 28 de março, impactou a vida de todos que estavam presentes no Espaço Renascer, no bairro da Mooca em São Paulo. Foi um domingo de comemorações e ministração especial, com o Pastor André Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha.

No início do culto, os fieis prestaram uma homenagem ao Apóstolo Estevam  Hernandes, por seu aniversário que foi celebrado na última segunda-feira, dia 22. A igreja cantou parabéns e as crianças do Ministério Kids entregaram como presente ao Apóstolo o projeto da nova Sede em 3D. Em seguida, um vídeo com os momentos marcantes do Apóstolo Estevam foi exibido para toda a igreja. O Apóstolo ficou emocionando e disse não imaginar que teria tantos parabéns quando completasse 56 anos.

Após a homenagem e ministração da oferta, foi a vez do Pastor André Valadão subir ao altar para ministração do louvor e da Palavra. Logo entrou no altar, ele cantou um de seus maiores sucessos, o louvor "Milagre". Nesse momento, o Espírito Santo de Deus tomou conta da atmosfera do culto e muitas pessoas se quebrantaram aos pés do Senhor.

O Pastor afirmou que tem uma aliança com o Apóstolo Estevam e com a Bispa Sonia, e que tem orado muito pelo Bispo Tid. Durante o louvor, André Valadão profetizou cura e levantou um clamor com todos os presentes.

Na ministração da Palavra, o Pastor falou sobre o "Quase", enfatizando que "Quase, não dá". Ele falou sobre as pessoas chegam até o "quase" e que, por sermos servos de Deus, as coisas devem ser completas nas nossas vidas.

Valadão falou muito sobre a vida de João Batista, em como ele serviu a Jesus, e pediu para que todos ali seguissem adiante essa mensagem e entendessem os mistérios que Deus tem para nossas vidas.

O último domingo de março foi realmente edificante para todos que estavam no Espaço Reanscer. Muitas vidas foram salvas pelo poder de Jesus e a partir de agora viverão uma vida plena com o amor do Senhor.

Por Michelle Barros

veja também