Quase salvo, mas fatalmente perdido

Quase salvo, mas fatalmente perdido

Atualizado: Segunda-feira, 5 Novembro de 2012 as 10:46

 

homem - confusoQuase gol não garante vitória, quase primeiro lugar não vale medalha de ouro, e assim por diante...
 
Com o mesmo pensamento, o rev. Hernandes Dias Lopes lembra que quase cristão não garante vida com Deus.
 
Confira a publicação feita por ele no Facebook:
 
 
"Há muitas coisas que quando estão quase prontas, não estão feitas de modo algum.
 
Um general que quase ganhou uma batalha, perdeu-a; um estudante que quase passou no vestibular, foi reprovado. Nas questões ordinárias da vida, o quase pode ser reparado, pois o general pode ganhar a próxima batalha e o estudante passar no próximo vestibular. Mas, nas questões de vida ou morte não existe o quase. 
 
Há muitas pessoas que estão como o rei Agripa, quase se tornando cristãos, mas ainda estão fatalmente perdidas. Estão quase dentro do reino de Deus, mas ainda estão no reino das trevas. O quase é a confissão da derrota, com a esperança da vitória mantida até o fim. 
 
Não fique no quase. Não se contente com o quase. Renda-se agora mesmo a Jesus!"
 

veja também