Quatro anos depois, pastor da Igreja New Life Church comenta tiroteio

Quatro anos depois, pastor da Igreja New Life Church comenta tiroteio

Atualizado: Quinta-feira, 14 Abril de 2011 as 2:55

Como se recuperar de uma tragédia que ameaça acabar com toda sua carreira, destruir sua família e a sua fé? O que pode ser uma questão difícil para alguns, tem sido a questão de definição para Brady Boyd, pastor da Igreja New Life Church no Colorado Springs.Quatro anos depois de um tiroteio na Igreja que matou dois de seus membros, Boyd está incentivando a enfrentar os vales escuros da vida para manterem-se firmes em sua fé, no seu último livro Fear No Evil (Não Temerei Nenhum Mal). O pastor explicou que ninguém tem a promessa de viver sem problemas, sem vales, mas sublinhou: "O vale não é a sua casa. é certamente uma parte da nossa história e uma parte de nossa jornada, mas não é a nossa casa."

Para sobreviver a tempos difíceis, as pessoas têm de ser honestas sobre a dor e a mágoa, e se apegarem a Deus, disse. Boyd fala muito abertamente em seu livro sobre o tiroteio de Dezembro de 2007 que abalou o núcleo de sua Igreja. Cem dias depois que ele assumiu como pastor sênior, Matthew Murray de 24 anos, abriu fogo no campus da New Life Church, após um culto na Igreja no dia 09 de dezembro. Ele matou as adolescentes Stephanie e Rachel Works e feriu outros três antes de tirar sua própria vida. Boyd, que assistiu ao ataque de sua janela, disse que foi o dia mais escuro da sua vida.

Foi um dia escuro por causa do tiroteio, mas foi também um dia escuro para Boyd, que havia deixado uma carreira relativamente tranquila na Igreja Gateway Church no Texas para aceitar o que ele acreditava ser um novo desafio, numa função maior do que aquela que tinha anteriomente a de pastor sênior.

Ele disse que esses pensamentos são típicos entre pessoas que enfrentam tempos difíceis. "Todos achamos que o nosso destino está de certa forma vai acabar com o sonho americano, quando, na verdade, às vezes o nosso destino, nosso local de chegada é um lugar escuro, um lugar de grande desafio e sacrifício," compartilhou ele.Nesse momento, Boyd foi imediatamente atraído para Salmos 23 e o retrato da jornada de Davi por tempos difíceis.

"O Salmo 23 é um brilhante retrato da vida de todos nós," explicou. “Alguns dias são grandes e temíveis, e nos sentimos bem sucedidos.” Então outros dias, ou mesmo outros períodos de meses e anos, nos encontramos em vales escuros. “No entanto, Davi foi tranquilizado pelo fato de que Deus estava com ele.”

Foi essa passagem que o ajudou a responder rapidamente.

No livro, Boyd descreve como ele trabalhava febrilmente nos 10 dias que se seguiram ao tiroteio, confortando a família Works, visitando os feridos no hospital e consolando a Igreja.

Enquanto ele encontrou o sua base muito rapidamente, o vale era particularmente escuro para a New Life Church - uma congregação de mais de 10.000 membros. Boyd disse que o tiroteio foi um "golpe mortal" para uma Igreja que já estava lutando para emergir do escândalo que rodeou o seu pastor anterior, Ted Haggard.

Haggard caiu em desgraça quando foi exposto em escândalo envolvendo drogas e sexo que foi altamente divulgado, envolvendo um ex-prostituto e metanfetaminas. Como resultado, Haggard demitiu-se da Associação Nacional de Evangélicos (NAE), onde foi presidente, e Brody assumiu como pastor sênior da New Life Church meses mais tarde.

A cobertura da mídia sobre o tiroteio acabou expondo as velhas feridas de indiscrições de Haggard. Os conselheiros disseram a Boyd mais tarde que muitos membros da congregação que iniciavam suas sessões para falar do tiroteio acabavam discutindo também da partida de Haggard. Boyd explicou que quando as coisas acontecem, elas expõem as rachaduras que estão escondidas sob a superfície.

Os tempos difíceis também forçam as pessoas a voltar às suas convicções fundamentais, acrescentou. Felizmente, a New Life Church teve uma forte tradição de adoração em seu núcleo.

A equipe de adoração da New Life tem vários CDs cheios de canções de louvor. No capítulo, "Todos os domingos, precisam de uma quarta-feira," Boyd descreve o efeito especial que as canções de louvor e adoração tieram sobre a Igreja após a tragédia do tiroteio. "Nossa Igreja já tem essa estrutura de adoração na presença de Deus dentro dela, é por isso sobrevivemos," disse ele ao The Christian Post.

Boyd reconheceu que muitas pessoas ainda podem estar em diferentes estágios de cura. Quando a Deputada do Arizona Gabrielle Giffords, seus funcionários e eleitores foram baleados em janeiro, Boyd disse que a New Life Church orou e se entristeceu pelas vítimas e observou: "Ainda estamos sensíveis."

Mas a Igreja está mostrando sinais de que está prosperando. Somente no ano passado, mais de 900 novos crentes foram batizados. Boyd chama a Igreja de "um milagre."

Boyd não responsabiliza a violência armada pela violência que atingiu a sua Igreja.

Na esteira de outras tragédias, as vítimas que estão vivas pediram leis mais rígidas contra armas. Na terça-feira, Kelly O'Brien, o noivo da funcionária de Giffords morta durante o ataque de Janeiro, aderiu à Campanha de Brady para Impedir a Violência Armada de tomar uma posição contra as revistas de alta capacidade, como a usada pelo atirador Jared Loughner no Arizona.

Apesar ser relatado que Murray usou uma pistola automática durante sua fúria, Boyd disse que ele é proprietário de uma arma registrada e é defensor do direito constitucional de porte armas.

Ele mantém que o mal deste mundo, ao invés das leis de armas do Estado, é responsável pelo ataque contra a sua Igreja. "O mal está tão presente em nosso mundo," disse ele. "Estamos andando por este lugar muito perigoso. é tão perigoso que, coisas vão nos acontecer."

A New Life agora tenta neutralizar esse tipo de mal, alcançando os Matthew Murray do mundo, as pessoas que estão sofrendo. Desde o tiroteio, a New Life tem estendido a mão aos pais de Murray, perdoando seu filho por suas ações. A família Works, que perdeu duas filhas no tiroteio, desde então formou uma amizade com a família do atirador.

Boyd também está alcançando outras pessoas que enfrentam tempos difíceis através do seu livro. No livro, ele compartilha que a chave para sobreviver aos dias, meses e anos escuros é perceber que Deus está lá, passando maus momentos com você e tentando consolá-lo.

"Deus está com a mãe que perdeu um filho, o pai que acaba de perder seu emprego e todos que se encontram nessa escuridão inimaginável. Este livro é para eles."

A data oficial de lançamento do livro é 26 de abril. Cópias antecipadas estão disponíveis no site da Amazon. O faturamento do livro irá para o Dream Centers de Colorado Springs, uma clínica médica e um centro de aconselhamento que a New Life pretende abrir.  

veja também