"Quem não paga o dízimo, rouba Deus", diz Mara Maravilha

"Quem não paga o dízimo, rouba Deus", diz Mara Maravilha

Atualizado: Sexta-feira, 2 Setembro de 2011 as 9:21

A agência de noticias BBC realizou uma série de matérias abordando o crescimento evangélica e o poder de consumo deste segmento no país.

Nos anos 1980, Mara Maravilha era dançarina, cantora, apresentadora de programa infantil de TV e foi até capa da revista Playboy.

Mas há 15 anos, Mara se tornou fiel da Universal. Hoje, ela canta músicas gospel e tem uma loja de produtos evangélicos em São Paulo.

Ela defende fervorosamente o dízimo, a política de doar 10% dos ganhos à igreja. "Quando o homem não dá o dízimo para a casa de Deus, ele está roubando a Deus", afirma.

"Chegamos na igreja e damos 10%, agora se o pastor vai fazer certo ou errado, isso não cabe mais a mim", diz.

Apesar da estrutura empresarial, ninguém sabe quanto fatura a Universal, já que a Igreja é isenta de impostos e não tem que abrir suas contas. 

Assista ao vídeo:

"Quem não paga o dízimo, rouba Deus", diz Mara Maravilha     Por Pollyanna Mattos Com informações da BBC

veja também