"Quero passar esse fogo para a nova geração", diz homem que evangelizou mais de 75 milhões

O evangelista Reinhard Bonnke está se preparando para sua última cruzada, na África, depois levar milhões de pessoas para Cristo.

fonte: Guiame, com informações da CBN News

Atualizado: Sexta-feira, 3 Março de 2017 as 3:08

O evangelista líder do CfaN, Daniel Kolenda (esquerda), foi escolhido para suceder Bonnke (direita). (Foto: Reprodução).
O evangelista líder do CfaN, Daniel Kolenda (esquerda), foi escolhido para suceder Bonnke (direita). (Foto: Reprodução).

Mais de 75 milhões de pessoas se converteram por meio do ministério de Reinhard Bonnke. O evangelista que nasceu na Alemanha é o fundador da “Cristo para Todas as Nações” (CfaN). Agora, ele está se preparando para sua última cruzada, e decidiu voltar para onde tudo começou, há mais de 40 anos.

"O Senhor falou comigo, que eu deveria voltar para mais uma cruzada na África", disse Bonnke no site da CfaN. "Eu não quero ver apenas uma gigantesca colheita de almas, mas quero passar esse fogo para a nova geração”, disse.

Bonnke, sua esposa Anni e seu filho se mudaram para a pequena nação africana de Lesoto em 1969. O casal passou sete anos trabalhando lá como missionários. Não foi fácil. O evangelista diz que foi durante esses anos difíceis que ele começou a orar para ver mais almas salvas em todo o continente africano.

Ele diz que Deus lhe deu uma visão: “Um continente lavado no sangue de Jesus Cristo”. Em 1974, a “Cristo para Todas as Nações” nasceu, e desde então mais de 75 milhões de pessoas aceitaram Cristo através do ministério.

"Milhões de pessoas na África agora conhecem o Espírito Santo, graças ao incrível compromisso de um homem com uma única visão dada por Deus", disse Peter Vandenberg, vice-presidente executivo da CfaN. Após todos esses anos, Bonnke diz que a visão ainda arde em sua alma.

"Se estou comendo ou bebendo, acordado ou dormindo, a visão está sempre presente, nunca me deixa", ressalta. Agora, aos 77 anos, Bonnke está passando seu legado para uma nova geração de evangelistas enquanto se prepara para se aposentar depois de mais de 40 anos no ministério.

Novo líder

O evangelista líder do CfaN, Daniel Kolenda, foi escolhido para suceder Bonnke. Mas antes de partir, Bonnke quer retornar ao continente que ama tanto para uma última cruzada. Ele escolheu Lagos, na Nigéria para realizar o evento no final deste outono.

"Recentemente, viajei a Lagos, na Nigéria para encontrar-me com a liderança espiritual lá e eles deram apoio unânime". Embora a cruzada aconteça apenas em novembro, os preparativos estão bem encaminhados.

"Atualmente, planejamos recrutar 500 mil conselheiros, 200 mil intercessores, um coro de mais de 23 mil e uma força de segurança de mais de 10 mil", disse John Darku, diretor africano da CfaN. "Há uma grande empolgação de todas as igrejas no país, e estamos esperando uma colheita espetacular de pessoas que virão a Cristo", pontuou.

O Correspondente Internacional Sénior da CBN, George Thomas, testemunhou o impacto do ministério de Bonnke enquanto crescia na África. "Eu sou nativo do continente africano. Ouvimos sobre o ministério em Botswana, na Suazilândia, no Sudão, na Nigéria. Todos poderiam ouvir essas incríveis histórias de milhares e milhares de pessoas se convertendo", recordou Thomas.

Segundo a CfaN, a última vez que Bonnke realizou um evento na Nigéria em 2000, 6 milhões de pessoas participaram e 3,4 milhões se converteram. "Eu não acho pessoalmente que há um único homem ou ministério que tenha tido um impacto tão profundo sobre o comprimento e a largura deste belo continente do que Reinhard Bonnke", finalizou Thomas.

Confira a reportagem da CBN News (em inglês):

veja também