Questão de identidade?

Questão de identidade?

Atualizado: Terça-feira, 29 Setembro de 2009 as 12

Texto base: Jeremias 38

Verso chave: Jeremias 38:3

"Assim diz o SENHOR: Esta cidade infalivelmente será entregue na mão do exército do rei de Babilônia, e ele a tomará".

Não dá para questionar a soberana vontade de Deus. Ele é Onisciente, Onipresente e Onipotente. O que Ele determina, é sempre melhor em seus resultados!

Ao meditar nesta passagem, procuro refletir sobre o posicionamento de alguns dos personagens envolvidos, como por exemplo: o profeta Jeremias, o povo, o rei Zedequias e o eunuco Ebede-Meleque.

O profeta Jeremias: Conhecido por muitos como o profeta chorão, ele foi chamado ao ministério ainda menino; seu caráter estava por ser formado, tanto que ele temia assumir tal responsabilidade, de profetizar no meio do povo. Porém, como bem sabemos: "Deus não escolhe os capacitados, mas sim, Ele capacita os escolhidos, sendo Ele próprio a garantia do sucesso de um ministério.

O povo: Como sempre, desobediente, obstinado a fazer o mal, decidido a ir contra tudo e contra todos que se interpõem a sua vontade, mesmo que este seja um profeta do Senhor, chamado a profetizar pelo próprio Deus.

O rei Zedequias: Político, não queria se indispor com ninguém, para que sua reputação não fosse manchada, lembrando em muito, Pilatos; estava mais preocupado consigo próprio do que com o povo, e muito menos com Deus.

O eunuco Ebede-Meleque: Homem preparado para exercer o seu papel, cheio de sabedoria, não só humana, mas também divina; o que lhe fazia entender a soberania de Deus, bem como também a manifestação de Seu Juízo; fazendo-lhe interceder pelo profeta em sua fraqueza, com toda ousadia do Espírito Santo.

Fico a pensar: "Com quem eu mais me identifico?"

Com Jeremias: Obediente a Deus, foi contra tudo e contra todos, fossem grandes ou pequenos, para manifestar a Vontade de Deus através dos seus lábios. Demonstrando assim, o amadurecimento do seu caráter.

Com o povo: Desobediente a Deus, preocupado em viver uma vida de aparência, confiado em sua própria força, procura calar a voz de Deus no meio da congregação, matando todo aquele que lhe é contrário; demonstrando assim, toda deformação de seu caráter.

Com o rei Zedequias: uma figura fraca, sem autoridade, que se esconde atrás de uma falsa capa de neutralidade, visto que, na realidade, é tão desobediente à Deus, quanto o povo. Devido ao seu caráter dúbio, o povo fica sem direção alguma, à mercê do inimigo à espreita, como uma ovelha indefesa, comendo em pastos alheios, sem ninguém para protegê-la.

Com eunuco Ebede-Meleque: Não só obediente a Deus, mas também destemido para se levantar, contra tudo e contra todos, intercedendo por aquele, que pela vontade de Deus, vive em situação de desprezo! Homem afetuoso, que se sensibiliza com o sofrimento alheio! Homem de ação, determinado a cumprir a vontade de Deus, forjado em seu caráter, o qual lhe deixou uma marca do seu relacionamento com Deus! Homem que tinha o seu prazer na lei do Senhor, que o fazia sábio para reconhecer, que os juízos do Soberano de Israel, eram, são, e sempre serão retos!

E aí, com quem você se identifica?

Em amor;

Erasmo Miranda de Araújo

Erasmo Miranda de Araújo é presbítero e trabalha nos ministérios de Ação Social e Ensino.

Contato:

http://www.portalestilo.com.br/madruga   

[email protected]

veja também