Razões para agradecer

Razões para agradecer

Atualizado: Sexta-feira, 7 Outubro de 2011 as 8:47

“Quero trazer à memória o que me pode dar esperança”. (Lm 3.21)

Se você tem comida na geladeira, roupas no armário, um telhado sobre sua cabeça, um lugar para dormir, então você é mais rico que 75% da população mundial.

Se você tem algum dinheiro no banco e um pouco na carteira, está entre os 8% mais ricos do mundo, isto é, 92% da população do mundo vivem com menos que você!

Se nunca experimentou o perigo de uma batalha, a solidão de um cativeiro, a agonia da tortura ou a dor da fome, está à frente de 500 milhões de outras pessoas no mundo.

Se você freqüenta uma igreja sem medo de ser importunado, preso, torturado ou morto, é mais abençoado que 3 bilhões de pessoas no mundo.

Saber disso não deve criar em você sentimento de culpa, mas gratidão a Deus por Ele ter lhe permitido esta situação privilegiada. Porém, é preciso se sentir incomodado. A culpa deve ser a de não agradecermos a Deus por tanto.

Também não podemos cair no erro de nos esquecer de que tudo o que temos e somos é por causa de Deus e não da nossa capacidade. Essa foi a orientação de Deus para os jovens israelitas que estavam nas margens do Jordão, prontos para entrar na Terra Prometida.

Em Deuteronômio 8:10-18, Moisés diz:

“Depois que tiverem comido até ficarem satisfeitos, louvem ao Senhor, o seu Deus, pela boa terra que lhe deu. Tenham o cuidado de não se esquecer do Senhor, do seu Deus, deixando de obedecer aos seus mandamentos, às suas ordenanças e aos seus decretos que hoje lhes ordeno. Não aconteça que, depois de terem comido até ficarem satisfeitos, de terem construído boas casas e nelas morado, de aumentarem os seus rebanhos, a sua prata e o seu ouro, e todos os seus bens, o seu coração fique orgulhoso e vocês se esqueçam do Senhor, do seu Deus, que os tirou do Egito, da terra da escravidão. Ele os conduziu pelo imenso e pavoroso deserto, por aquela terra seca e sem água, de serpentes e escorpiões venenosos. Ele tirou água da rocha para vocês, e o sustentou no deserto com maná, que os seus antepassados não conheciam, para humilhá-los e prová-los, a fim de que tudo fosse bem com vocês. Não digam, pois, em seu coração: ‘A minha capacidade e a força das minhas mãos ajuntaram para mim toda esta riqueza’. Mas, lembrem-se do Senhor, do seu Deus, pois é ele que lhes dá a capacidade de produzir riqueza, confirmando a aliança que jurou aos seus antepassados, conforme hoje se vê.”

Podemos cair nesse erro. Cuidado com a bonança, os dias de fartura, as riquezas e bênçãos. Muitos que as receberam se sentiram capazes e auto-suficientes, se esqueceram que “porque dEle, por Ele e para Ele são todas as coisas”, viraram as costas e foram embora.

Precisamos tomar o exemplo do único leproso, dos dez, que voltou, reconheceu, agradeceu e adorou a Jesus. A canção do salmista precisa ser a nossa canção: “Bendiga a minha alma ao Senhor e não te esqueças de nenhum dos teus benefícios” (Sl 103.2).

Jó, em seu diálogo com sua esposa, nos ensina que se gostamos de receber o bem de Deus, suas bênçãos, também devemos aprender a aceitar o seu “mal” - lutas, provações e problemas (Jó 2.10). Como disse Paulo, EM TUDO devemos DAR GRAÇAS (1 Ts 5.18). Devemos agradecer tudo, as bênçãos e lutas. O que deu certo e o que não deu certo. Isso nem sempre é fácil de se viver. Mas essa é gratidão de um cristão verdadeiramente maduro.

Nós temos muitas razões para agradecer a Deus pelo ano de 2010!

Podemos dizer que no início deste ano, quando as probabilidades apontavam que este seria um ano muito difícil, de estagnação do trabalho, de mera manutenção do que já vínhamos fazendo, o SENHOR nos deu um ano de grandes bênçãos, realizando o impossível e tornando sonhos em realidade.

Com certeza você também tem muito que agradecer ao Senhor neste final de ano. Aproveite este momento para trazer à sua memória aquilo que te dá esperança!!!

“Quem me oferece a sua gratidão, honra-me...” (Sl 50.23). É isso precisamos fazer. Honremos ao Senhor, agradecidos por todas as suas maravilhas.

Por Pr. Anderson Guarnieri

veja também