"Reavivamento deve ser um estilo de vida e não um programa? diz pastor

"Reavivamento deve ser um estilo de vida e não um programa? diz pastor

Atualizado: Terça-feira, 1 Novembro de 2011 as 10:53

As palavras de um dos secretários associados da Associação Geral da Igreja Adventista do Sétimo Dia (AG), pastor Augustin Galícia, não deixa dúvidas: o reavivamento deve ser uma experiência viva das pessoas e não apenas mais um programa. A mensagem foi dada no primeiro sermão apresentado na abertura da Comissão Diretiva Plenária da Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista na manhã desta segunda-feira, dia 31 de outubro, em Brasília. Galícia destacou que “o movimento de reavivamento e reforma deve ser um estilo de vida”. Em seu sermão, o secretário ressaltou a importância de que os líderes e os membros em geral encarem uma rotina de comunhão com Deus. 

 Na sequência, veio a atividade prática. Sob a condução do pastor Marcos Bomfim, todos se colocaram de joelhos e fizeram seus agradecimentos e pedidos a Deus, além de glorificarem o nome de Cristo juntos. Um dos diferenciais dessa reunião deste segundo semestre é a presença das esposas de todos os administradores, presidentes, tesoureiros e secretários das 15 uniões que compõem a estrutura administrativa adventista nos oito países sul-americanos.

 Marcam presença na reunião, além dos pastores Galícia e Armando Miranda (vice-presidente mundial adventista), Raquel Arrais (diretora associada de Ministério da Mulher da AG), Williams Costa Jr, (diretor de Comunicação da AG), além do pastor Homer Trecartin, recém-nomeado presidente de uma nova região administrativa que coordenará o trabalho de dois mil adventistas em 21 países do Oriente Médio onde o cristianismo ainda demonstra pouco crescimento. Nessa região, são aproximadamente 500 milhões de habitantes.

Relatórios – Ainda durante a manhã, vários relatórios em vídeo foram apresentados das regiões administrativas em relação ao crescimento obtido até agora e expectativas, principalmente em relação à distribuição dos livros A Grande Esperança no próximo ano. No Paraguai, por exemplo, está sendo estabelecida uma nova congregação dentro de um presídio na região de Tacumbú.

veja também