Reconhecer e assumir os próprios erros. Difícil, muito difícil...

Reconhecer e assumir os próprios erros. Difícil, muito difícil...

Atualizado: Quarta-feira, 9 Janeiro de 2013 as 12:18

 

Tenho visto muita gente com discurso de vítima reclamando sobre a falta de perdão: "Religiosos falsos, não me perdoam! Só porque errei? E o amor ao próximo, onde fica? E o perdão?..." 
 
Mas esquecem de separar "perdão" e "consequência", uma vez perdoado, perdoado está, a consequência do ato, no entanto, segue seu curso, basta observar o ladrão que foi perdoado ao lado da cruz de Cristo. 
 
Por outro lado, tenho visto pouquíssima gente olhar para os próprios erros e assumir: "O que está acontecendo foi provocado por mim mesmo, é tudo consequência dos pecados que pratiquei...". 
 
Ou seja, atirar pra todo lado, inconsequentemente, tudo bem... agora, reconhecer ofensas, mentiras e traições, humilhando-se perante envolvidos e trilhando o difícil caminho da restauração, não... Difícil, muito difícil. 
 
Paulo, como sempre, estava certíssimo, tempos difíceis esses onde temos de lidar com pessoas amantes de si mesmas e de seu próprio ventre. 
 
 
Edmilson Mendes
via Facebook
 

veja também