Rede de lojas de brinquedos não vende produtos de Harry Potter

Rede de lojas de brinquedos não vende produtos de Harry Potter

Atualizado: Segunda-feira, 30 Maio de 2011 as 9:20

Uma grande rede de lojas de brinquedos do Reino Unido se recusa a vender produtos do Harry Potter para não incentivar as crianças a praticarem bruxaria.

Fãs do bruxo mais famoso do mundo reclamam, mas o cristão Gary Grant, dono das lojas Entertainer, disse que nunca vendeu, nem venderá qualquer produto dos filmes em seus estabelecimentos e que não se tornará responsável por "atrair crianças ao ocultismo".

A cliente Jennifer Gledhill não gostou da posição da empresa quando chegou à loja com seu filho de oito anos e ficou sabendo que eles não vendiam o Lego do bruxo.

"Pedi ajuda ao gerente para encontrar o Lego do Harry Potter e ele disse: 'Somos uma loja cristã e não queremos ensinar esse mal para as crianças'. Me senti insultada, como se eu estivesse querendo ensinar maldades ao meu filho", contou ao "Daily Mail".

Grant diz que não está tentando “empurrar” seus valores para os clientes, mas não abrirá mão deles para satisfazê-los. Ele ressalta que nenhuma mercadoria relacionada ao Harry Potter será vendida em qualquer de suas lojas, mas espera que Jennifer retorne à loja em breve.

"Eu sou o responsável por tudo o que se passa dentro da empresa, tenho que fiscalizar os produtos e me certificar de que estou feliz com os itens que comercializamos", alegou. "Também não vendo Trolls - personagens com poderes místicos e mágicos - nem produtos de Halloween."

veja também