Rede Educacional adventista participa de projeto evangelístico

Rede Educacional adventista participa de projeto evangelístico

Atualizado: Quarta-feira, 20 Abril de 2011 as 11:14

As 14 unidades do Departamento de Educação da Associação Paulistana promoveram o programa “Amigos da Esperança”. São mais de 900 funcionário na rede educacional comprometidos com os projetos de evangelismo. Várias atividades aconteceram na semana do Amigos da Esperança.

A unidade escolar de Americanópolis antecipou o seu projeto no dia 14 de abril, com um jantar especial na quadra da unidade para as famílias não adventista.  O jantar foi o primeiro contato com as famílias da mensagem de esperança e salvação; com a entrega de 1 kit de literaturas, incluindo a Bíblia e o livro “Ainda Existe Esperança”. O convite também se expendeu  para o programa especial Amigos da Esperança no Sábado, dia 16 de abril. “Achei muito interessante pois aproxima as famílias na escola com os assuntos de religião”, declarou a mãe Patrícia Fiuza.

O Colégio Adventista da Liberdade preparou um coquetel especial para as 63 famílias que conheceram os Amigos da Esperança, no dia 16 de abril. Mais de 250 convidados ouviram a mensagem da esperança da volta de Jesus.  No programa especial o pastor do colégio, Davi França, lançou 3 seminários: Estudos Bíblicos, Relacionamento Familiar e Princípios de Saúde.Foi muito significativo alguns testemunhos de pais, que reconheceram o trabalho do colégio na reconstrução de suas famílias, da importância da confiança e a esperança em Jesus. “ No ano passado houve  80% de aceitação de Estudos Bíblicos com o projeto Lares da Esperança” , destacou Héber Ceribeli, diretor da unidade. Ele disse que  esse projeto tem o objetivo de trazer  as pessoas para dentro da igreja, e dizer que há um Deus maravilhoso e que quer fazer maravilhas na vida das pessoas.

“Andrea Tanaka mãe de aluno participou pela primeira vez do evento. “ É um incentivo para nossas famílias. Muitas vezes ficamos perdidos  sem saber o que fazer. Como uma luz lá no fundo do túnel, agente encontra uma palavra de conforto e paz. Gostei muito e vou participar dos seminários”, disse Andrea.

Para o diretor de educação da Paulistana, Lourisnei Fortes Reis, o sentimento é de missão. “Cada colaborador é um agente de salvação, pois no seu trabalho e nos eventos, o objetivo é de preparar pessoas para o Reino de Deus”, revelou Lourisnei.  

veja também