Religião ajuda na reabilitação de lesões traumáticas

Religião ajuda na reabilitação de lesões traumáticas

Atualizado: Sexta-feira, 1 Julho de 2011 as 12:48

Pessoas que passaram por lesões traumáticas no cérebro podem se sentir melhor se acreditarem em uma força superior, aponta estudo realizado na Wayne State University, nos Estados Unidos.

Segundo Brigid Waldron-Perrine e Lisa J. Rapport, autoras da pesquisa, a lesão cerebral traumática é uma perturbação da função cerebral normal depois de um ferimento na cabeça. Essa condição atinge cerca de 1,7 milhões de americanos por ano.

Participaram do estudo 88 pacientes com diagnostico de lesão cerebral traumática, a maioria do sexo masculino, afroamericados e cristãos. Os resultados mostraram que os pacientes que relatavam índices mais elevados de bem-estar religioso apresentavam melhor reabilitação física e emocional.

Contudo, as atividades religiosas públicas não tem influência no resultado da reabilitação, já que, muitas vezes, os pacientes ficam impossibilitados de comparecer a encontros religiosos por motivos de locomoção. “Os pacientes muitas vezes dependem de parentes e amigos para comparecer a esses eventos, e, como nem sempre é possível, acabam por se distanciar dessas participações públicas. Por isso, essas não refletem inteiramente a utilização real de recursos religiosos”, diz Waldron-Perrine.

veja também