Religioso faz pregação durante julgamento dos Nardoni

Religioso faz pregação durante julgamento dos Nardoni

Atualizado: Terça-feira, 23 Março de 2010 as 12

No title Enquanto o casal Nardoni era julgado ontem, às 15h30, dentro do Fórum de Santana, na Zona Norte, Orlando Torres, de 58 anos, fazia uma pregação religiosa do lado de fora pedindo para que Deus salve "a alma de todos" que estão no local.

O homem, que diz ser da Assembleia de Deus do Belém, afirma que o julgamento do casal não compete à Justiça. "Quem julga é Deus." Para ele, o casal será perdoado. "Perdoar é tranquilo. Deus já perdoou."

Ele diz que já entregou uma Biblia ao ex-prefeito de São Paulo Paulo Maluf e que agora quer levar uma Bíblia para o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda. "Ele estava reclamando da comida. Mas acho que o problema dele é com a palavra. Quero levar a palavra de Deus e salvar a alma do Arruda."

Torres canta hinos de louvor a Deus e dá saltos. A manifestação contraria alguns dos manifestantes presentes, mas não há confronto. (Por Marília Juste/Foto Daigo Oliva/G1)

veja também