Religiosos pressionam ABC para que desista da série ofensiva

Religiosos pressionam ABC para que desista da série ofensiva

Atualizado: Segunda-feira, 14 Março de 2011 as 9:33

Entidades cristãs estão promovendo um abaixo-assinado para que a rede americana ABC desista de gravar a série Boas Putas Cristãs [Good Cristian Bicthes], baseada no livro com o mesmo nome de Kim Gatlin (reprodução da capa abaixo]. “O programa é ofensivo”, afirmou, por exemplo, a AFA (Associação de Famílias da América). “Trata-se de intolerância anticristã.”

Tim Winter, da PTC (uma associação de pais que supervisiona programas de TVs), disse que a palavra “putas”, já usada para humilhar a mulheres, associada à “cristãs” é altamente ofensiva.

"Será que a ABC pensou em ofender outros grupos religiosos? Como seria se ela dissesse que o programa se chamaria ‘putas’ muçulmanas, hindus, judias ou budistas?”.

O enredo da série também tem incomodado, talvez até mais do que o título, ainda que isso não seja dito.

Trata-se da história da divorciada Amanda que, com seus dois filhos, volta para sua cidade natal, Dallas, onde passa a ser vítima de fofocas de uma comunidade cristã de mulheres.

A proposta da série é misturar drama com comédia para mostrar a hipocrisia de um grupo de mulheres com militância religiosa.

A ABC informou que vai continuar gravando o piloto da série, mas recuou um pouco ao mudar o nome para GCB, iniciais de Good Cristian Bicthes.

Com informação das agências e da PTC (Parents Television Council). Via Paulopes Weblog

veja também