Renascer divulga nota informando projeto de demolição e recuperação

Renascer divulga nota informando projeto de demolição e recuperação

Atualizado: Quarta-feira, 21 Janeiro de 2009 as 12

A Igreja Renascer enviou nota à imprensa esclarecendo qual deve ser os próximos procedimentos da instituição em relação ao que restou do prédio de sua sede. Confira abaixo:

"Prefeitura, Defesa Civil, Polícia Técnica e Científica, além de equipe multidisciplinar, estão tomando todas as decisões necessárias, de forma a garantir a segurança, uma vez que ainda há riscos de desabamento no local. Renascer apresentará plano de trabalho demolição e recuperação à Prefeitura e uma empresa será contratada, para trabalhar em conjunto com técnicos e policiais.

De forma a evitar a especulação e a emissão de informações desencontradas a respeito da demolição e recuperação do prédio da Renascer em Cristo, sua sede mundial, na Avenida Lins de Vasconcelos, Bairro do Cambuci, São Paulo, capital, atingido pela tragédia do último domingo, temos a destacar e esclarecer que:

1. O trabalho impecável que vem sendo efetivado pela Defesa Civil, a cargo do Coronel Camargo, desde as primeiras horas da tragédia, vem sendo realizado no sentido de organização e segurança das dezenas de pessoas envolvidas; ainda há riscos de desabamentos no local;

2. Desde domingo, foi formado um Grupo de Trabalho reunindo engenheiros, arquitetos, técnicos de segurança, Corpo de Bombeiros, Polícia Técnica e Científica, além da própria Defesa Civil, para avaliar a real situação do imóvel e os procedimentos necessários a partir de agora, dentro das condições de segurança e, ainda, das perícias que estão sendo realizadas, de forma a apurar a ocorrência. A partir disso, foi constatada a necessidade de preparação de um projeto de demolição e recuperação. A princípio ficará a cargo da Igreja Renascer a solicitação de autorização da Prefeitura para seu início, a partir de recomendação expressa pela Defesa Civil.

3. A partir daí, estabelecidas as bases, será contratada a empresa responsável. Tais decisões - dadas sua amplitude e envolvidos - não podem ser feitas de forma precipitada. Acreditamos que até o final dessa semana esse assunto estará decidido.

4. A Igreja Renascer em Cristo trabalha incansavelmente e reafirma seu total compromisso e colaboração no sentido que essa tragédia possa ser superada. A preocupação principal do momento ainda está focada nas vítimas em estado grave e em recuperação nos hospitais, para que nada lhes falte e às suas famílias, assim como às famílias que perderam seus entes queridos.

5. Reiteramos, mais uma vez, o clamor para que sejam evitadas e evitem especulações e informações erradas, na busca, compreensível, de desvendar o que ocorreu. As investigações darão essa resposta, chegarão à conclusão. As autoridades estão agindo de forma séria e rigorosa. No entanto, não nos parece nem ao menos razoável usar esse momento tão grave para incentivar o preconceito religioso ou associar a acusações que nada tem a ver com tão lastimável acidente.

Imprensa Renascer"

veja também