Renascer em Cristo inicia Jejum de Moriá da Provisão

Renascer em Cristo inicia Jejum de Moriá da Provisão

Atualizado: Segunda-feira, 21 Março de 2011 as 12:17

“A Preparação para o Moriᔠfoi o tema da abertura do jejum de Moriá, a provisão, que começou neste sábado (19.03) em todas as Igrejas Renascer em Cristo. No Renascer Hall, o apóstolo Estevam Hernandes e a bispa Sonia Hernandes ministraram sobre o tema.

No culto das 19h30, antes da ministração do apóstolo, a ex-paquita Andréa Sorvetão se apresentou com uma música de seu CD gospel. Andréa é convertida há 8 anos e realiza um trabalho com as crianças em todo o país. Neste sábado, durante a tarde, ela participou do Kids Day, que reuniu várias crianças no Renascer Hall.Também antes da Palavra, o apóstolo Estevam Hernandes também apresentou ao povo a Bíblia da Mulher de Bem com a Vida, que será lançada pela Bispa Sonia Hernandes em um coquetel que acontecerá no próximo sábado, dia 26 de março.

Palavra do Apóstolo

O apóstolo Estevam Hernandes ministrou sobre a entrega de Abraão no monte Moriá, quando o Senhor pediu seu bem mais precioso: Isaque. Ele leu os textos que estão em Gênesis 22 e Isaías 6. “Abraão e Sara estavam vendo Isaque crescer, ele era o fruto da promessa. Então chega um momento que Deus pede para que ele entregue seu filho tão amado... Como um Deus de amor pede um sacrifício vivo de um filho? Muitas vezes não entendemos a vontade de Deus e, nessas horas, Satanás aparece para nos confundir”, disse o apóstolo.

Mas a Palavra não mostra os temores de Abraão, afirmou. “A Palavra de Isaías 53 fala que Jesus foi como ovelha muda ao matadouro... Abraão também não abriu sua boca. Sem falar para Sara, ele se dispôs a entregar Isaque a Deus. Como Jesus, ele não abriu sua boca, pois havia um propósito. Abraão entendeu que havia um propósito maior”, disse ele.

No meio da suas dificuldades, daquilo que você possa não estar entendendo, o Senhor tem um propósito maior, continuou o apóstolo. “O importante é você se deixar conduzir. Abraão pega Isaque, seus empregados e vai para o monte Moriá. Ninguém sabia de nada, só Abraão. Nesta caminhada, Deus queria experimentar a doação de Abraão. É como Eclesiastes 11.2, temos que lançar o pão sobre as águas... O Senhor queria testar a capacidade de entrega de Abraão. Quando ele te coloca à prova, Ele quer mostrar para você mesmo o que você pode fazer para resistir”, disse ele.

Abraão precisava entregar seu único filho, ele estava sendo usado como um exemplo profético de como o Senhor entregaria Jesus, acrescentou. “Ele pede sua doação. O Senhor quer sua fidelidade: seja fiel até a morte. Fidelidade significa a posição de Daniel, que foi para a cova dos leões, mas não deixou de honrar ao Senhor... Deus quer que você entenda a extensão de uma aliança. Uma aliança não tem limites...”, disse ele. “Não há limites para Deus. Muitas vezes ficamos temerosos...O seu coração te engana."

veja também