Reunião do Encontro com Deus promove salvação e cura

Reunião do Encontro com Deus promove salvação e cura

Atualizado: Segunda-feira, 25 Outubro de 2010 as 8:35

Paz de espírito, orientação para enfrentar os problemas e direção sob a luz da Palavra de Deus para viver uma vida livre das doenças. Esses são alguns dos benefícios recebidos por quem participa da Reunião do Encontro com Deus, aos domingos, na Igreja Universal do Reino de Deus.

No último domingo (17), em Portugal, a Igreja Universal do bairro de Chelas, em Lisboa, ficou repleta de pessoas que compareceram ao templo em busca das virtudes divinas. Durante o encontro, o responsável pelo trabalho missionário na região, pastor Walber Barboza, ministrou orações e ensinou a todos a respeito de como obter vitórias diante das lutas. “Quando você vem à Igreja, tem a oportunidade de se fortalecer com a espada da fé, que corta todo o mal. O que você tem que fazer para vencer é permanecer na fé, fiel à aliança que tem com Deus”, explicou. Além das orientações, o pastor realizou a busca pelo Espírito Santo e orou pela família de todos.

A membro portuguesa, Elisa Rodrigues (foto ao lado), participa dos encontros de fé que acontecem aos domingos e é testemunha viva do Poder de Deus na vida dela. Ela conta que  após ter se separado do marido, o filho de 15 anos entrou em depressão por causa dos conflitos que presenciou entre os pais. “A conselho da psicóloga da escola, levei-o ao psiquiatra para fazer um tratamento contra a depressão. Ele passou a tomar 19 comprimidos por dia, mas não resolveu o problema”, lembra. Durante dois anos, o filho de Elisa não disse uma única palavra, nem reagia a nenhum estímulo, chegando ao ponto de perder a sanidade mental, começando a falar sozinho e a ter atitudes estranhas. “Ele corria sozinho na rua e, no verão, vestia muitos agasalhos. Ele já não sabia mais quem eu era. Nessa fase, ele se atirou da varanda do 3º andar”, conta.

Após participar das reuniões da Igreja Universal e realizar as campanhas de fé, Elisa voltou a ver o filho sorrir, depois de 10 anos de sofrimento. “Fiquei anos sem ver um sorriso do meu filho, mas, hoje, ele é uma bênção. Ele está na Igreja, firme na presença de Deus e completamente curado, liberto. Somos muito amigos e ele nunca mais foi agressivo comigo. Há pouco tempo ele realizou exames médicos e o resultado foi que ele não tem mais nada, nenhuma sequela. O sacrifício perfeito trouxe o resultado perfeito”, diz, se referindo aos propósitos de fé realizados na Igreja.  

veja também