Reverendo alerta população sobre leis contra a Igreja

Reverendo alerta população sobre leis contra a Igreja

Atualizado: Segunda-feira, 8 Março de 2010 as 12

A informação foi dada neste sábado, dia 6, em forma de alerta aos cristãos, no programa "Semeando a Palavra, Colhendo os frutos", apresentado pelo Reverendo Osni Ferreira, da Igreja Metodista, na TV Cidade Verde de Juína (MT). Segundo o religioso, leis que tramitam no Congresso Nacional, podem mudar a realidade das igrejas brasileiras. "Eu quero fazer um alerta ao povo de Deus de Juína", disse.

Segundo Osni, se aprovadas algumas leis, ficará proibido, por exemplo, a pregação do evangelismo em praças públicas. Pastores e Padres ficam proibidos de apresentarem programas de áudio e vídeo, que durem mais de 1 hora. "Nunca usei este programa para criticar ninguém. Levamos aqui a palavra de Deus", destacou o Reverendo. Nesta suposta Reforma Constitucional, as igrejas também ficariam obrigadas a pagarem impostos dos dízimos e ofertas. "Isso é o fim dos tempos minha gente, por isso que estamos vendo terremotos pra todo lado, isso é diabólico, falta respeito com as obras de Deus", enfatizou Osni no programa.

Ainda segundo o Reverendo, que é formado em Teologia, as igrejas também serão obrigadas a fazerem o matrimônio entre casais homossexuais. O pastor recebeu as informações através de um e-mail de um deputado federal que é contrário às leis. "Peço a todos muita oração para que essas leis não sejam aprovadas e que sirva de alerta para nós neste ano eleitoral", finalizou.

Por Ivan Pereira

veja também