Rodovalho pode deixar a política e se dedicar mais à igreja

Rodovalho pode deixar a política e se dedicar mais à igreja

Atualizado: Terça-feira, 30 Março de 2010 as 12

No title O pedido de cassação do mandato do deputado federal Robson Rodovalho, ex-DEM e agora no PP, pode ir parar nas mãos do secretário de Ciências e Tecnologia, Izalci Lucas (PR). Ao mudar de partido sem uma justificativa legal, Rodovalho teve o mandato reivindicado junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), pelos suplentes Osório Adriano (DEM) e Izalci Lucas (PR).

Rodovalho deixou o Democratas para ampliar suas chances em disputar o Senado ou ser indicado vi­ce governador na coligação de Joaquim Roriz (PSC). No ano passado, ele estava envolvido com a criação do Partido Social Republicano (PSR) e justificou a mudança de sigla ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), como justa causa. Só que o PSR não saiu das boas intenções e mesmo assim ele decidiu ir para o PP, onde recebeu todas as garantias de que teria vaga para o Senado. Agora corre risco de ficar sem legenda para acalentar este sonho.

Rodovalho já disse ao Jornal Opção que iria deixar a política e dedicar mais tempo à Igreja Sara Nossa Terra, da qual é fundador e o principal líder espiritual. Nos bastidores, comenta-se que pastores de várias regiões do País e do exterior pressionam para que Rodovalho desista da política e dedique mais tempo à igreja. No entanto, volta e meia aparece no noticiário político e em blogs que Rodovalho apenas "deu um mergulho e pode emergir novamente como candidato ao Senado ou a vice". Nas duas próximas semanas, TRE vai definir o destino do bispo.

veja também