"Se não for radical, não toca o jovem", diz pastor Lucinho Barreto

Pastor Lucinho fala da estratégia de seu ministério: "Se não for radical, não toca o jovem"

Atualizado: Quarta-feira, 25 Setembro de 2013 as 6

Lucinho BarretoTempos atrás o pastor Lúcio Barreto, conhecido apenas como pastor Lucinho, gerou polêmica ao publicar uma foto em que aparece 'cheirando' a Bíblia.
 
Nesse último final de semana, ele esteve em Goiânia e justificou a atitude polêmica. "Se não for radical, não toca o jovem", disse.
 
"Quem me conhece sabe as loucuras que já fiz. Subi na mesa da praça de alimentação de um shopping para pregar e também já subi em trio elétrico. Muitas pessoas não entenderam aquela mensagem. O que quis dizer foi que com a mesma força que você 'cheira' cocaína ou fuma crack, também pode adorar a palavra de Deus", explica Lucinho.
 
Hoje o pastor lidera a área de jovens da Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte (MG). "Esse fato fez com que eu queimasse o filme com muita gente. Muitos adultos me criticaram, falaram que aquilo era um absurdo. Mas com o meu público, os jovens e adolescentes, foi positivo. Com eles, você tem que entrar 'arrebentando', ou então até os estimula a fazer a coisa errada", declara.
 
camisas Lucinho Barreto
 
O lema do trabalho do pastor com jovens é 'Loucos por Jesus'. "Pensei: eles são loucos por um monte de coisa. Porque não ser louco por Jesus, que a melhor coisa que existe?", pondera. Criatividade e humor são as formas que o pastor usa para chegar aos jovens e adolescentes. São iscas que uso para atrair os adolescentes. Prego com a bíblia em uma mão e o jornal na outra. Sou muito ligado no que acontece atualmente e tento ao máximo usar uma linguagem que remeta a eles", destaca o pastor.
 
 
com informações do G1
 
 

veja também