Seguidor de Harold Camping atira em amigo zombador nos EUA

Seguidor de Harold Camping atira em amigo zombador nos EUA

Atualizado: Quinta-feira, 30 Junho de 2011 as 9:53

Um homem de Oregon, que se acredita ser seguidor de Harold Camping está preso por ter supostamente atirado em um colega de trabalho na semana passada, ele queria punir a vítima por zombar da profecia de arrebatamento do pregador da Califórnia, sugerem os acontecimentos. Harold Camping, presidente da Family Radio, fala pela primeira vez desde que sua a falha em sua previsão sobre o arrebatamento e o Dia do Julgamento que aconteceriam em 21 de maio. A abordagem foi transmitida ao vivo da sede do ministério em Oakland, Califórnia, em 23 de maio de 2011.

Um homem de 39 anos do oeste de Eugene, Dale O'Callaghan, atirou no ombro de seu colega de trabalho, de 33 anos, Jerry Andrews, em 24 de junho, chamando-o de "uma daquelas pessoas Satânicas", segundo um depoimento sob juramento na Corte Judicial da cidade de Lane por Ben Hall detetive de polícia de Eugene.    

O'Callaghan e Andrews, colegas de trabalho na LHM Hydraulics há vários anos, discutiram algumas vezes sobre a previsão de Harold Camping de que o arrebatamento causaria o fim do mundo partir de 21de maio, que acabou por ser falsa, O Register-Guard citou a mãe da vítima, Robin O'Brien, falando na terça-feira.   

O suspeito, que não tinha ficha criminal até então, tinha sido provocado no trabalho sobre a sua aparente crença no arrebatamento previsto por Camping, que gastou milhões de dólares em mais de 5.000 cartazes e 20 veículos de passeio para levar a mensagem do Dia do Julgamento.    

O'Callaghan "esperava ser levado no arrebatamento, e isso não aconteceu... Ele estava recebendo alguns provocações dos colegas na loja, e acho que se irritou com isso", O'Brien foi citada como tendo declarado isso. Ela acrescentou que seu filho não queria falar com os jornalistas.    

Enquanto os dois não estavam em condições ruins, o suspeito levou para o lado pessoal quando a vítima e outros colegas de trabalho o provocaram nas últimas semanas sobre sua crença na previsão de Camping de que Jesus Cristo iria retornar à Terra em 21 de maio, acrescentou a mãe.   

No entanto, o pai do suspeito, Ronald O'Callaghan, disse que seu filho não era um seguidor Camping Harold.    

Os investigadores disseram que o acusado usou um revólver calibre 0357 para atirar em Andrews uma vez na área do ombro quando se viram pela primeira vez no trabalho na manhã do dia 24 de junho. O'Callaghan está na cadeia do condado de Lane, diante de uma acusação de agressão em primeiro grau.    

A bala atravessou a parte superior das costas de Andrews e alojando-se por trás de seu ombro esquerdo e "quase o paralisando", sua mãe disse, acrescentando que ele teve um ombro fraturado e uma vértebra fraturada. Andrews está fazendo tratamento ambulatorial.    

A LHM Hydraulics, onde ambos trabalham, é propriedade dos pais do suspeito.    

O suspeito insistiu em ter um advogado no momento do interrogatório policial, mas quando ele foi levado para a Corte Judicial na segunda-feira ele disse que não queria a representação por um advogado. No entanto, depois o juiz Charles Zennaché explicou que a sentença mínima obrigatória para o crime era sete anos e meio na prisão, ele finalmente concordou.   

O'Callaghan é aparentemente uma das centenas de pessoas que realmente acreditavam que a previsão de Camping iria se tornar realidade. Alguns de seus seguidores venderam suas casas, deixaram seus empregos ou doaram poupanças de uma vida em antecipação do arrebatamento de 200 milhões de Cristãos para o céu.    

Camping, de 89 anos, vem pregando o que acredita ser a palavra de Deus na Bíblia através da Family Radio por mais de 50 anos, ainda insiste que sua profecia não era falsa e que foi adiada por cinco meses. Camping e seus seguidores estão agora se preparando para o arrebatamento em 21 de outubro.

veja também