Seis Horas de uma sexta-feira

Seis Horas de uma sexta-feira

Atualizado: Quinta-feira, 12 Março de 2009 as 12

Seis Horas de uma sexta-feira

O que mais aquela sexta-feira pode representar?

Para a vida enegrecida pelo pecado, aquela sexta-feira representa perdão. Para o coração fatigado pela aparente inutilidade, representa novo propósito de vida. Para a alma a olhar do lado de cá pelo túnel da morte, representa libertação e triunfo.

E aquelas seis horas?

Pra muitos observadores, aquelas seis horas foram apenas um momento a mais na ampulheta do tempo. Para um grupo de testemunhas, porém, aquelas seis horas marcaram a constatação do mais grandioso de todos os milagres. A morte foi vencida. Para sempre!

Com inspiração e singeleza, Max Lucado mostra que Deus conquistou para nós na cruz três pontos de ancoragem fortes o bastante para resistir a qualquer tormenta que possa aparecer no decorrer da vida.

Seis horas de uma sexta-feira é uma jornada sublime aos pés da cruz, lugar no qual derrota aparente é transformada em vitória. Ali as lágrimas têm prazo de validade e darão lugar à celebração da alegria. Abra seu coração e encontre descanso e esperança na presença do Senhor.

veja também