Seminário Teológico Batista de Itaperuna completa 25 anos

Seminário Teológico Batista de Itaperuna completa 25 anos

Atualizado: Terça-feira, 6 Julho de 2010 as 12:30

Foi realizado no último dia (29/06) no templo da Primeira Igreja Batista de Itaperuna o culto de comemoração dos 25 anos do Seminário Teológico Batista de Itaperuna (Setebi) ligado à Associação Batista do Extremo Norte Fluminense (Abenf).

Criado em 29 de junho de 1985 idealizado pelos pastores Gessy Fructuoso, Edmar Pereira da Silva e Heitor Antônio da Silva para atender as igrejas evangélicas do Noroeste Fluminense na formação de pastores, educadores e líderes para o trabalho eclesiástico.

Na oportunidade vários ex-alunos do Setebi e pastores participaram da cerimônia que serviu também para contar um pouco da história do Seminário. O Pr. Gessy Frutuoso participando da solenidade enfatizou a importância da entidade para os evangélicos de Itaperuna.

"Para mim é uma oportunidade de servir ao meu mestre Jesus; para as igrejas o Seminário é uma instituição abençoada por Deus para formar seus vocacionados; para a denominação, receber jovens preparados corretamente na doutrina Bíblica", disse o Pr. Gessy Frutuoso.

Outros pastores de renome também participaram da solenidade como: Pr. Joracy Elvira Alves, Pr. Heitor Antônio da Silva, Pr. Josélio Gomes de Souza, Pr. Ezequiel Pimentel de Mattos, Pr. Isaac Ferreira Pimentel, Pr. Waxuel Pereira Rodrigues, Pr. Josué Garcia e Pr. Paulo Zarro de Freitas entre outros.

Nestes 25 anos de existência o Setebi já formou cerca de 21 turmas de Bacharéis em Teologia, Curso de Música Sacra e capacitou vários destes para o pastorado de variadas igrejas evangélicas.

"Na época eu tive um sonho e disseram que eu era um louco, mas hoje vejo que um sonho quando vira realidade pode trazer a felicidades de muitos e assim é o Setebi com sua presença no meio de nós", disse o Pr. Heitor que foi o fundador do Seminário em Itaperuna.

O Pr. Josélio Gomes de Souza, foi o palestrante e na oportunidade trouxe o tema: "Uma teologia para o Séc. XXI" que fez com que os participantes pudessem refletir sobre a questão.

"Este século é o do pós-modernismo, e esta cultura é marcada pela inversão de valores, onde as instituições estão caindo no descrédito, mas como disse Matir Luter King o servo do Senhor tem sempre um sonho", acrescentou Josélio.

A realização deste sonho, é a história do Seminário, uma história que não somente enriqueceu o campo Batista do Norte e Noroeste Fluminense, mas também os Estados de Minas Gerais e do Espírito Santo e do Brasil e o mundo em geral, pois vários pastores e missionários estão espalhados por todo o país na obra de Deus e outros já trabalharam pela Junta de Missões Mundiais e por Cruzadas Internacionais alcançando almas.

Esta também é a história de vidas dedicadas que trabalharam como professores. No apoio, na Direção, na Orientação dos vocacionados, destes, 99 já foram consagrados ao ministério pastoral e muitos outros trabalham na educação religiosa e na liderança de suas igrejas.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também