Senador evangélico, Marcelo Crivella foi nomeado ao cargo de ministro da Pesca e Agricultura

Dilma Rousseff chora na posse do senador evangélico Crivella

Atualizado: Sexta-feira, 2 Março de 2012 as 3:39

Alvo de críticas por não conhecer o setor que vai comandar, o novo ministro da Pesca, o evangélico Marcelo Crivella tomou posse no Ministério da Pesca nesta sexta-feira."Não quero que a presidente fique triste em ter um ministro da pesca que não é um especialista e que não sabe colocar minhoca num anzol. Mas colocar minhoca no anzol a gente aprende rápido. Pensar nos outros é que é difícil", afirmou Crivella do discurso de posse.

Apontado como uma indicação estratégica para aproximar o governo do setor evangélico, Crivella, que integrava a bancada evangélica no Congresso, citou a religiosidade em seu discurso. O novo ministro também citou o tio, o bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal.


"Quero citar uma lição que sintetiza com simplicidade um bom conceito. Quem pensa nos outros pensa como Deus", disse. "Peço a Deus que dê sabedoria e discernimento [...] para que continue não ocorrendo no nosso ministério qualquer deslize que desanime o povo e faça um cidadão de bem não sentir orgulho de ser brasileiro", disse o novo ministro ao concluir o discurso.

Durante a cerimônia a presidente Dilma Rousseff chorou ao lamentar a saída de Luiz Sérgio de sua equipe de ministros. "Luiz Sérgio, você foi e é um amigo e um parceiro que compreende a natureza de um governo de coalizão assim como a dedicação que a política muitas vezes acaba por nos impor em nome dos interesses do país", disse a presidente.

 

Com informações do G1

veja também