Sendo fiel no pouco para multiplicar na medida de Cristo

Sendo fiel no pouco para multiplicar na medida de Cristo

Atualizado: Quarta-feira, 18 Dezembro de 2013 as 4:01

dízimos e ofertas“Porém ela respondeu: Tão certo como vive o Senhor, teu Deus, nada tenho cozido; há somente um punhado de farinha numa panela e um pouco de azeite numa botija; e, vês aqui, apanhei dois cavacos e vou preparar esse resto de comida para mim e para o meu fi lho; comê-lo-emos e morreremos. Elias lhe disse: Não temas; vai e faze o que disseste; mas primeiro faze dele para mim um bolo pequeno e traze-mo aqui fora; depois, farás para ti mesma e para teu filho. Porque assim diz o Senhor, Deus de Israel: A farinha da tua panela não se acabará, e o azeite da tua botija não faltará, até ao dia em que o Senhor fizer chover sobre a terra” (1 Reis 17.12-14).
 
O texto acima traz uma clara demonstração de um poderoso princípio bíblico: “dai, e dar-se-vos-á” descrito em Lucas 6. De acordo com este princípio, quando você dá, cinco medidas virão a seu favor:
 
1ª) Ser-vos-á dado
2ª) Boa medida
3ª) Sacudida
4ª) Transbordante
5ª) Generosamente vos darão
 
Mas tudo isso passa pelo primeiro passo que diz: “Dai”. Como consequência, você será grandemente abençoado. Muitas vezes, você precisa dar para receber. Vejamos outro exemplo: A prosperidade de José estava dentro do sonho de faraó, assim como o milagre de Elias estava na farinha da viúva. O milagre da viúva estava atrelado à obediência e à palavra do profeta, um dependia do outro no processo do milagre. A viúva aprendeu a ser fiel no pouco e depender de Deus; e ambos foram abençoados. São muitas as lições que aprendemos com esse texto.
 
1. Não foi Deus quem apareceu àquela mulher e sim um profeta. Se Deus pessoalmente aparecesse e lhe falasse, ela daria tudo. Deus não marcou dia ou hora para lhe aparecer. Não houve uma “teofania”, muito menos uma visão angelical. O que lhe apareceu foi um homem com nome de profeta.
 
2. Ela obedeceu ao profeta como enviado de Deus. Creu que, ao abedecê-lo, estava obedecendo a Deus. Alguns, por serem hospitaleiros, acabam recebendo anjos (Hb 13.2).
 
3. Deus sempre estabelece uma autoridade levantada por Ele na terra para representá-lo e falar em Seu nome (Am 3.7). Por isso, quem obedece aos profetas tem a promessa de prosperar (2Cr 20.20). O problema é que muitos estão esperando empresários ou jogadores para suprir suas necessidades. Não estão esperando viúvas. Às vezes, os milagres de Deus se encontram em portas pouco atraentes, por isso, os perdemos porque não os procuramos onde Deus os guarda. O milagre da provisão pode estar nas mãos de uma viúva; a cura pode estar no conselho de uma garotinha; a fartura pode estar na decisão de quatro leprosos; uma multidão pode ser alimentada a partir de cinco pães e dois peixes.
 
4. Aguarde o decreto de Deus. Você precisa ser sensível para entender o decreto de Deus. A bênção só virá quando você obedecer ao profeta. Tanto Elias quanto a viúva foram fiéis no pouco. Elias foi fi el indo para Serepta. A viúva foi fiel obedecendo ao profeta. Ambos saíram da escassez para o mais que abundante.
 
5. Milagres são liberados por sementes e não por necessidades. Fomos escolhidos para viver o milagre da multiplicação. Ser escolhido para viver uma promessa não lhe fará vivê-la automaticamente, pois somos nós que decidimos como será nossa colheita, não Deus. “Aquele que semeia pouco, pouco ceifará” (2Co 9.6,7).
 
6. Mire no que você deseja receber. A viúva tirou os olhos do que deu e fixou-os naquilo que queria receber. O que impede muitas pessoas de dar é o fato de que estão olhando para o que terão de dar e não visualizam aquilo que irão receber. Quando o agricultor lança toneladas de sementes na terra, está visando o que irá receber. Se no momento de ofertar e dizimar você se vê como uma vítima, um falido ou um pobre coitado, nunca irá desfrutar da bênção e da provisão de Deus.
 
7. Deus deseja levá-lo em direção à medida recalcada, mas é preciso ter obediência para entregar a fé para esperar o retorno de uma ampla provisão. Deus quer levar você a viver um transbordar de bênçãos.
 
8. Deus quer e vai levantar pessoas para lhe dar o que nem espera receber, para lhe dar oportunidades que você nem espera. Sua medida é longevidade, gozo e a bênção de ter a presença de Deus (Sl 21.3-6). “Eis que eu vos envio cereais, vinho e óleo e deles sereis fartos” (Jl 2.19).
 
9. Elias e a viúva viveram a primeira ressurreição da Bíblia. Você também sairá do nada na sua família e irá ressuscitar para o mais que o bastante. Você será o primeiro de sua família a cruzar os continentes, a falar outros idiomas, a se casar e não separar.
 
10. Sua semente deixará uma herança para a geração futura. Você deixará um nome, um legado e herança para seus fi lhos. O homem de bem deixa herança para os filhos dos filhos (Pv 13.22).
 
11. Mantenha a aliança. O segredo para alcançar essas bênçãos é manter sua aliança com Deus. Sua melhor semente libera sobre sua vida a marca da multiplicação. Você tem a marca da promessa e será distinguido pela prosperidade e pelo êxito.
 
Desafio da fé: Seja como a viúva e dê o seu melhor. Você sairá do pouco para o mais que o bastante.
 
 
:: Pr. Marcus Gregório
 

veja também