Sentença de morte para pastor iraniano é mantida pelo governo

Sentença de morte para pastor iraniano é mantida pelo governo

Atualizado: Terça-feira, 5 Julho de 2011 as 1:59

No último dia 22 de junho, o Supremo Tribunal do Irã manteve a pena de morte para o pastor Youcef Nadarkhani, que foi condenado em 2010 por apostasia, ou seja, por ter deixado a fé islâmica. A execução deste cristão pode ocorrer a qualquer momento, assim que a decisão judicial for publicada por escrito.

A última execução judicial de um cristão condenado por apostasia no Irã ocorreu em dezembro de 1990, quando o reverendo Hossein Soodmand foi enforcado.

Os advogados de Youcef ainda têm que receber a confirmação por escrito, mas eles entendem que a sentença pode ser confirmada a qualquer momento (a menos que ele negue sua fé cristã).

Youcef está preso desde 12 de outubro de 2009. Em 21 e 22 de setembro de 2010, o Tribunal Revolucionário da Província de Gilan declarou Youcef culpado por apostasia e, portanto, condenado à morte. O veredito foi emitido no dia 13 de outubro.

Youcef é pastor dentro da Igreja Iraniana do Evangelho Pleno, uma denominação no norte da cidade de Rasht. Youcef e sua esposa, Fatemeh, têm dois filhos pequenos. Fatemeh ficou detida de 8 de junho até 11 de outubro de 2010.

Os cristãos iranianos agradecem por suas orações e pedem que continuemos a interceder para que:

- Youcef não seja executado

- Para que Youcef conheça a presença e a paz de Jesus

- Pela esposa dele, Fatemeh, e os dois filhos para que conheçam o conforto e a esperança de Jesus, e para que essa família possa se reunir o mais breve possível

- Para que os cristãos no Irã não se sintam intimidados, mas que eles permitam que o Senhor dê orientação para suas vidas

- Para que todos os oficiais envolvidos possam ter amor e misericórdia, ajam com justiça, aprendam sobre Jesus e que eles possam decidir segui-Lo

veja também