Será que campanha de boicote ao Big Brother Brasil 12 e Dia Sem Globo como a do dia 25 de janeiro, falhou ou vai continuar?

Incentivado pelos evangélicos o Dia Sem Globo falhou?

Atualizado: Terça-feira, 31 Janeiro de 2012 as 2:14

Depois de cenas de um suposto estupro ocorrido na casa do BBB 12, internautas, grupos religiosos e pró-família aumentaram a mobilização em prol da retirada doBBB ao programa e contra a emissora.
No dia do Dia sem Globo, o Ibope marcou quinze pontos de audiência que costumava render mais em outros dias da semana. A média, entretanto, permaneceu quase a mesma alcançada na semana anterior, segundo Lauro Jardins da Veja.
Líderes evangélicos vieram pregando o boicote ao BBB 12 dizendo que isso é uma insulta a Deus.
“Sim, deve ser boicotado, esse tipo de programa avilta o ser humano e insulta a Deus”, disse recentemente Ariovaldo Ramos, ex-presidente da Visão Mundial ao The Christian Post.
No Facebook, uma página criada “Boicote ao BBB” expressava: “Boicote ao BBB, diga não a esse esgoto. Diga não a um programa que mostra uma vitrine corpos perfeitos que ficam a amostra. Uma falta de conteúdo impressionante! Nada mais que baixaria, ambição, sensualidade e promiscuidade ridícula...”
Um abaixo assinado pela retirada do BBB12 do ar e pedido de instauração de processo também foi lançado no Facebook alegando que o programa não contribui para a boa formação da sociedade. O abaixo assinado já conta com mais de 7.000 assinaturas.
Apesar das petições e campanhas de boicote ao programa, ainda não há nenhum sinal ainda de que o BBB será retirado do ar. No ano passado, um outro movimento contra a Globo foi realizado durante a copa do mundo, mas não obteve muito sucesso, segundo os veículos de comunicação.

veja também