Servir a Deus, servindo ao próximo

Servir a Deus, servindo ao próximo

Atualizado: Segunda-feira, 28 Janeiro de 2008 as 12

Preciosa lição de humildade e valor do servir, Jesus deu a Tiago e João e também a nós, ao afirmar: "Pois o próprio Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos" (Marcos 10:45).

Bendito Jesus! Soube servir com amor ilimitado a causa de seu Pai. Ao caminhar aqui, na Terra, Jesus ensinou, comprovou seus princípios e também testou a capacidade de seus discípulos e seguidores para viver o que ouviam o Mestre pregar.

No célebre episódio da "multiplicação de pães e peixes", Jesus que pode e, naquele momento poderia também, operar um milagre criativo, isto é, poderia dar ordem e o poder de sua palavra criaria pães e peixes. Mas como sábio Mestre, não perdeu a oportunidade para testar os que andavam com Ele. Jesus, segundo João 6:5, pergunta a Filipe onde comprariam pães para dar a comer à numerosa multidão, que O estava ouvindo há horas e sentia fome.

Será que Jesus, Filho do Deus vivo, dono do ouro e da prata, precisaria comprar algo, precisaria estar preocupado com isso e, ainda, precisaria da ajuda de Filipe para resolver esse problema? Certamente, não.

O rapaz que possuía "cinco pães de cevada e dois peixinhos" entregou esse pouco, para que a multidão fosse ajudada, Jesus pôde operar um lindo milagre. E ficou registrado para nós o milagre de Jesus, que mais uma vez serviu e ajudou os que O seguiram.

Mas também ficou registrado o gesto daquele rapaz: dar; abrir mão de seu pouco alimento; não priorizar o seu "eu", enfim, aquele rapaz amou o seu próximo e serviu. Nosso dia-a-dia está cheio de oportunidades de praticarmos o amor a Deus, através do espírito de serviço. Alguém precisa de companhia ou de transporte para ir a uma consulta médica? É uma oportunidade para servir. Alguém precisa de um telefonema, de uma palavra de incentivo, de encorajamento, uma palavra de Deus que edifique e oriente? Ótimo, não perca essa oportunidade para servir. Sabemos que "não é por obras", que somos salvos ou justificados, porém a fé sem obras não agrada a Deus. Ficam aqui, para nossa meditação e direção, falando sobre serviço, as palavras de orientação, segundo Tiago 2:15 a 17:

"Se um irmão ou uma irmã estiverem carecidos de roupa e necessitados do alimento cotidiano e qualquer dentre vós lhes disser: Ide em paz, aquecei-vos e fartai-vos, sem, contudo, lhes dar o necessário para o corpo, qual o proveito disso? Assim, também a fé, se não tiver obras, por si só está morta".

Postado por: Claudia Moraes

veja também