Sete Dimensões Proféticas Da Vida Comunitária

Sete Dimensões Proféticas Da Vida Comunitária

Atualizado: Sexta-feira, 6 Maio de 2011 as 2:05

O estilo de vida da Igreja, nos registros do novo testamento, nos fascina e torna-se para muitos quase uma utopia. Um conceito-chave para os irmãos do primeiro século serem tão vibrantes e se movimentarem de Jerusalém, Judéia, Samaria e confins da terra fazendo o que fizeram, foi o fato de terem dimensões proféticas em sua vida comunitária.   Destacamos aqui as dimensões proféticas porque percebemos que as demais dimensões das funções  que prepara os santos para a obra do ministério (apostólico, evangelístico, de pastoreio e ensino) com todos os erros e acertos, tem sido ensinada no contexto comunitário, enquanto que as dimensões proféticas ficaram muito taxadas por estigmas de erros passados, bem como vitimas de excentricidades e desequilíbrios. E necessário também termos clareza da distinção entre o oficio profético e o dom profético. Na perspectiva da vida comunitária, no ambiente da igreja, as dimensões proféticas são desenvolvidas pelo Corpo de Cristo. Para maiores informações busque a instrução do apostolo Paulo em 1 Coríntios 14. As dimensões que abordaremos não falam a respeito do que a igreja faz, mas sobre aspectos de sua própria essência.   A revelação do testemunho do coração de Deus Tudo parte do testemunho de Jesus que e o espírito da profecia (Ap 19.10). O espírito da profecia percebe e revela o coração de Deus. Isso estabelece uma relação de compromisso e confiança com Deus – Mt. 9.14,15 – amigos do noivo.   A proclamação do Fim dos Tempos Atos 1.8 declara que os discípulos receberão poder para agir como testemunhas. Eles ouvem a respeito disso quando perguntam a Jesus sobre a sua segunda vinda. Tudo o que a igreja faz e uma preparação para este evento. O protótipo desta proclamação e bem definido na experiência de João na Ilha de Patmos – Ap 10.8-10.   A preservação da pregação, como o Seu estandarte profético na Terra: Col 4.2-4   Receber a direção profética: Provérbios 29.17   Sonhos e visões proféticas e o poder de Deus: 1 Coríntios 12.10,11   O clamor profético contra a injustiça social William Wilberforce, Lord Shaftesbury – clamando contra a escravidão no Parlamento Abraham Lincoln e Martin Luther King Jr. Lou Engle, James Dobson – clamando contra o aborto Antonio Carlos Costa, Marina Silva – injustiça social   O chamado profético para a santidade John Wesley – chamando a Inglaterra a santidade A.W. Tozer, David Wilkerson, John Piper – chamando a igreja contemporânea a santidade. Jonas – chamando Ninive ao arrependimento. Isaias e Jeremias – chamando Israel e Juda ao arrependimento. João o Batista – chamando Jerusalém ao arrependimento.   Temos nestas dimensões proféticas bases solidas que podem dar o devido poder para uma vivencia comunitária que não se limite apenas a reuniões que enfatizem relacionamentos que giram em tornos de si mesmos, e que conseqüentemente tem prazos de validade; ou apenas termos uma bela estrutura funcional que tem como base a tradição de nosso movimento ou denominação, mas de movimento acaba se tornando um museu; ou ainda, corremos o risco de nos reunirmos em torno da Biblia ou das manifestações do poder sobrenatural como se estes fossem o objetivo da nossa adoração.   Como comunidades do Reino, temos que nos mover a partir de uma perspectiva precursora, ou seja, que vai adiante, buscando ser segundo o coracão de Deus, e com isso correspondendo a Ele, sendo preparadores do caminho do Senhor no nosso contexto, seja como indivíduos, seja na obra do ministério junto com todos os santos na vivencia da igreja local ou ainda servindo de forma itinerante.   João Costa é pastor da Vineyard de Belford Roxo/RJ

veja também