Sexo, Benção ou Maldição

Sexo, Benção ou Maldição

Atualizado: Segunda-feira, 10 Março de 2008 as 12

Sexo, Benção ou Maldição

Obediência traz bênção e desobediência traz maldição

Sobre a obra

No livro de Deuteronômio 28:1, Deus deixa bem claro qual é o seu sonho - abençoar o homem em todas as áreas de sua vida. Nunca foi desejo do Senhor que você viva de um lado para o outro sem rumo e sem direção, procurando firmar-se na sua própria força. Viver assim é viver fora do propósito de Deus. Jamais se esqueça de que Deus o ama e tem o melhor para sua vida.

Obediência traz bênção e desobediência traz maldição. A Bíblia é clara em afirmar que maldição não vem sem causa. Se sua vida não decola, seus sonhos quanto ao casamento, a casa própria, o carro, etc... não se realizam, com certeza está faltando alguma coisa. Uma reflexão mais profunda sobre o seu passado, sobre as coisas que aconteceram, o levarão a descobrir um ponto lá atrás, uma porta aberta, algo que criou uma base legal para que as trevas entrassem. Esta porta aberta trouxe conseqüências terríveis - as maldições descritas em Deuteronômio 28: 15-45.

Há duas situações contrastantes no capítulo 28 de Deuteronômio. No verso 12, o Senhor fala que abrirá o seu bom tesouro, onde está tudo de que precisamos e tudo o que desejamos para uma vida feliz e bem sucedida. Os tesouros do Senhor estarão dispostos em nosso favor. Haverá chuva sobre a terra no tempo certo e as obras de nossas mãos serão abençoadas. Porém o verso 23 diz o contrário, a desobediência traz maldição - "os teus céus sobre tua cabeça serão de bronze " . Em lugar de céus abertos sobre nossa vida, teremos céus de bronze, e em lugar de uma terra fértil, irrigada pela chuva, teremos um solo tão duro quanto o ferro debaixo de nossos pés.

Sobre o Autor

Pr. Márcio Valadão, pastor presidente da Igreja Batista da Lagoinha, 53 anos de idade e trinta e cinco de ministério. É o terceiro filho numa família de sete irmãos: quatro homens e três mulheres. Nasceu num lar evangélico, e desde a mais tenra infância esteve envolvido na fé. Quando menino, por volta dos 4 anos de idade, já brincava de pastor. Mais tarde, sabendo ler a Bíblia e orar, já era professor na Escola Dominical da Classe de Catecúmenos para adolescentes, uma classe que preparava os candidatos ao batismo.

Site:

www.lagoinha.com

34Kb  

veja também