Show de Marcos Witt em Curitiba é marcado por desorganização

Show de Marcos Witt em Curitiba é marcado por desorganização

Atualizado: Sexta-feira, 7 Maio de 2010 as 9:29

O evento que trouxe Marcos Witt a Curitiba nesta quinta-feira, dia 6, causou revolta entre  pessoas que compraram ingressos e decepção para Daniel Romero, diretor da Lidere - empresa de Witt com representação no Brasil. A apresentação foi organizada pelo Grupo Jireh, que disse ter enfrentado "enormes lutas" para a realização.

"Queridos amigos. Tive um dia muito triste. O produtor que contratou o show do Marcos Witt e Fernandinho, nao pagou estrutura e as 16:00... Tivemos que assumir o evento e o pagamento dos fornecedores. Como eh triste ver pessoas tao despreparas. Assim venho para pedir perdao" (SIC), disse Romero em seu Twitter.

Logo na noite de ontem, quando a apresentação de Witt havia terminado, comentários de insatisfação foram publicados na página da organização do show que teve Fernandinho na abertura.

"Esse era o MEGA EVENTO ?? Cobrar um ingresso abusivo para oferecer um som fraco, com uma iluminação horrivel, e um datashow para os clips, fora o descaso com o publico e bandas que estavam agendadas, a programação prevista iniciar as 16hs e cancelaram tudo e começou as 21hs", reclamou Rafael Camargo.

"Acontecimentos desastrozos como este não devem passar em branco, eu, cidadã, também iniciarei uma ação legal contra a desorganização deste evento, lamento por todos que passaram por esta humilhação e também lamento por Marcos Witt que com certeza recebeu uma visão errônea de Curitiba", relatou Elis Angela Medeiros.

O Grupo Jireh destacou que teve problemas com o serviço terceirizado, o qual deveria ter assumido a responsabilidade de montagem do evento.

"A três dias do evento, a empresa contratada para montar toda a estrtura, terceirizou e encaminhou para o local do evento as empresas co-participantes para montagem do evento, ao qual não cumpriram com que foi acordado, nos causando tristeza e dificuldade para execução do evento, nos deixando próximos ao evento com duas alternativas: cancelamento ou a realização do evento mesmo com o mínimo de estrutura contratada", disse a organização em nota oficial.

A empresa ainda se manifestou sobre a não conclusão da montagem dos camarotes. O grupo teria concedido devolução do valor pago aos que tivessem comprado lugar no camarote ou troca do ingresso pele área vip ou pista.

O Guia-me tentou entrar em contato com o Grupo Jireh para maiores explicações, mas os celulares caíram na caixa postal.

Embora triste, Daniel Romero disse estar com o coração alegre por ter "cumprido a vontade de Deus e assumido o evento". "Lutarei sempre por carater e excelencia e Sei que Deus tem o melhor. Obrigado pelo carinho e Amor", afirmou o diretor da Lidere.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também